Futebol Brasileiro

'Com a folha salarial que tinha, era para ganhar do Liverpool', diz Adilson sobre Cruzeiro

Ex-treinador do Cruzeiro critica gestão antiga do clube, rebaixado para a Série B em 2019

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Adilson Batista foi desligado do Cruzeiro no último domingo(Marcelo Hernandez/Getty Images)

Adilson Batista foi desligado do Cruzeiro no último domingo | Marcelo Hernandez/Getty Images

Após ser demitido do Cruzeiro, Adilson Batista não vem poupando palavras e críticas à gestão que estava à frente do clube, rebaixado para a Série B na última temporada.

Em entrevista à 'Rádio GreNal', o ex-treinador da Raposa comentou sobre a dívida que o clube possui hoje e destacou ainda a antiga folha salarial acima da média.

Pra colocar o clube em ordem, vai levar uns três, quatro anos. A dívida é enorme. A folha salarial era de cerca de R$16 milhões, agora é cerca de R$3 milhões. Com a folha que tinha, era pra ganhar do Liverpool."

O treinador ainda alfinetou jogadores que estavam no Cruzeiro no ano caótico do rebaixamento.

"Temos que parar de trazer jogadores mal caráter e sem vergonha. Isso precisa mudar no futebol brasileiro. Tinha muita gente aqui fazendo coisas erradas. Teve que sair uma matéria no Fantástico para as coisas mudarem. O Cruzeiro precisa de pessoas sérias"

Contudo, Adilson Batista, desempregado no momento, elogiou a postura da nova gestão e, principalmente, a coragem para lidar com a situação em que o Cruzeiro se encontra.

Essa diretoria tem que ser elogiada pela bronca que está assumindo, pois o que fizeram com o clube até o ano passado foi algo lamentável.

 
'O Cruzeiro tem que pensar em ser campeão do mundo', diz Adílson Batista

Comentários