Futebol Brasileiro

Com combinação de resultados, Corinthians pode ser eliminado do Paulista contra o Palmeiras

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Time alvinegro já não vence há quatro partidas na temporada(Thiago Calil/AGIF)

Time alvinegro já não vence há quatro partidas na temporada | Thiago Calil/AGIF

Na lanterna do grupo D, ao lado da Ferroviária, com apenas dez pontos ganhos, o Corinthians terá de se levantar rapidamente para evitar algo que seria doloroso para seu torcedor: a eliminação na primeira fase do Campeonato Paulista contra o seu maior rival, Palmeiras.

Apesar de não ser tão provável, o cenário é real. Para que isso não aconteça, o Corinthians teria de vencer seu próximo jogo, diante do Ituano, na Arena, domingo (15), às 16h (de Brasília), além de torcer por tropeços seguidos do Red Bull Bragantino, que tem 11 pontos e joga ainda nesta segunda-feira (09), pela nona rodada da competição, e do Guarani, líder da chave com 13. 

Caso a equipe alvinegra perca para a de Itu, aliado a duas vitórias do Massa Bruta e do Bugre, por exemplo, um simples jogo sem vitória no dérbi contra o Palmeiras já tiraria matematicamente quaisquer chances de classificação corintianas às quartas de final do certame.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

A possível desclassificação tornaria-se trágica para as pretensões do Timão, uma vez que o clube já foi eliminado precocemente da fase prévia da Libertadores da América e já não vence há quatro partidas. Tiago Nunes, que já balança no cargo, ficaria em situação ainda mais delicada.

Enquanto isso, seus três rivais vivem fases melhores, já que estão próximos de se classificarem para as quartas do Paulista em seus respectivos grupos e seguem na Libertadores. Dependendo da combinação de resultados, Santos e Palmeiras, por exemplo, poderão carimbar suas vagas à próxima fase do Estadual em caso de vitórias contra Inter de Limeira e São Paulo, respectivamente, no final de semana.

 
Bruno Guimarães fala sobre Tiago Nunes 
Comentários