Futebol Brasileiro

Crise financeira: Atlético-MG atrasa salários mesmo após corte de gastos

Clube mineiro teve redução salarial de 25% para funcionários que recebem mais de R$ 5 mil

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Elenco do Atlético-MG em treinamento antes da paralisação do futebol(Bruno Cantini / CAM)

Elenco do Atlético-MG em treinamento antes da paralisação do futebol | Bruno Cantini / CAM

Os últimos dias têm exposto uma crise financeira no Atlético-MG. Mesmo após a redução salarial de 25% para contratados que recebem mais de R$ 5 mil por mês, o clube atrasou os vencimentos de jogadores e de demais funcionários. A informação do 'UOL' foi confirmada pelo Esporte Interativo.

A diretoria alvinegra ainda deve três meses de direitos de imagem para o elenco profissional. Além disso, o Galo está tendo que lidar com processos judiciais de ex-jogadores e também dívidas com outras instituições, como por exemplo o débito de R$ 12 milhões com a Udinese, da Itália, pela compra de Maicosuel, em 2014.

Na última semana, o atacante Maicon Bolt foi à Justiça mais uma vez para aumentar uma cobrança de R$ 12 milhões para R$ 20 milhões. O Atlético-MG não se pronunciou sobre o caso e ainda não tem um prazo para a quitação dos montantes supracitados.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Walter Feldman diz que futebol brasileiro não tem prazo para voltar
Comentários