Futebol Brasileiro

Cruzeiro deixa de arrecadar mais de R$ 40 milhões em venda, por conta da pandemia

Atacante Maurício e zagueiro Cacá eram esperanças de venda do clube, mas negociações não aconteceram devido ao novo coronavírus

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Cruzeiro deixa de arrecadar mais de R$ 40 milhões em venda, por conta da pandemia(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Cruzeiro deixa de arrecadar mais de R$ 40 milhões em venda, por conta da pandemia | Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro foi punido pela FIFA e começará a Série B com seis pontos negativos por não ter pago uma dívida. No entanto, a situação poderia ter sido diferente. Por conta da pandemia do novo coronavírus, duas esperanças de venda da raposa não se concretizaram: o atacante Maurício e o zagueiro Cacá.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Segundo Carlos Ferreira, Interlocutor do Núcleo Dirigente Transitório com o departamento de futebol, o Cruzeiro recebeu uma proposta de R$ 20 milhões pelo atacante Maurício, de 18 anos. Entretanto, devido a paralisação do futebol, as negociações não avançaram.

Em entrevista para o canal 'Informativo Cruzeiro', o dirigente afirmou.

“As coisas estavam bem adiantadas e o provável investidor que gostaria de contratar o Maurício chegaria até R$ 25 milhões. Então no intervalo das negociações, veio a pandemia e esfriou tudo.”

Cacá, outra promessa cruzeirense também esteve próximo de sair. O CSKA, da Rússia, ofereceu cerca de R$ 23 milhões pelo zagueiro, mas as tratativas também foram paralisadas.

Por fim, Carlos Ferreira lamentou a atual situação da Raposa.

Chegando a pandemia, desestruturou todo mundo, paralisou todos os campeonatos. O Cruzeiro precisava fazer as negociações, de captar esses recursos, mas infelizmente não teve condições.”

O Cruzeiro ainda acumula outra dívida na FIFA, referente à compra do atacante William Bigode. O prazo se encerra em 29 de maio e o clube já afirmou que não há verba para o pagamento.

 
Júlio Baptista revela vontade de treinar São Paulo e Cruzeiro no futuro
Comentários