Futebol Brasileiro

Cruzeiro se livra de pagar mais R$ 2,3 milhões em dívida que é de R$ 26 milhões

Aumento de débito cobrado pelo Independiente del Valle foi rejeitado pela Fifa; clube mineiro tem que quitar faturas até o final do mês que vem

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Sede da Fifa(Reuters)

Sede da Fifa | Reuters

O Cruzeiro tem até o fim de maio para pagar as dívidas internacionais, que chegam a R$ 26 milhões, conforme ordem da Fifa. A entidade não atendeu ao pedido da Raposa pelo adiamento do pagamento em meio à pandemia do novo coronavírus. A única boa notícia recebida pelo clube foi 'escapar' do aumento de um débito com o Independiente del Valle.

Os cruzeirenses têm uma dívida com a instituição equatoriana de R$ 10 milhões pelo compra do zagueiro Luis 'Kunty' Caicedo, por 1,8 milhão de dólares, em outurbo de 2016. Em nova ação, o del Valle queria mais 420 mil dólares (R$2,3 milhões) por não ter sido notificado pelo time mineiro quando o mesmo emprestou Caicedo ao Barcelona de Guayaquil por uma temporada. 

A solicitação, no entanto, foi negada pelo 'Comitê Players Status' da Fifa que, em contrapartida, manteve a ordem de pagamento imediato referente aos outros R$ 10 milhões. O Cruzeiro tenta costurar um acordo com a equipe equatoriana para o parcelamento da dívida, conseguindo inclui-la para um grupo de credores que será criado pela diretoria celeste, conforme informa o 'Globo Esporte'.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis

 
EXCLUSIVO! Rodriguinho revela que gostaria de ter voltado ao Corinthians
Comentários