Futebol Brasileiro

Cuca exalta vitória do Santos, mas afirma: 'Não precisava sofrer tanto'

Mesmo com um a mais durante todo o segundo tempo, Santos sofreu para vencer o Delfín no Equador

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Cuca comandando o Santos diante do Delfín, no Equador(Getty Images South America)

Cuca comandando o Santos diante do Delfín, no Equador | Getty Images South America

O Santos venceu o Delfín no Equador na noite da última quinta-feira (24) e deu um passo importante rumo à classificação na Copa Libertadores.

Após a partida, o técnico Cuca exaltou a vitória do Peixe, mas também 'mandou um recado' ao elenco dizendo que - com um jogador a mais - o time não precisava de tanto sofrimento para vencer.

"Importante hoje é a vitória. Jogo bem jogado dentro do possível, mas a gente podia ter matado o jogo. Não precisa sofrer como a gente sofreu na única chance do adversário do segundo tempo, que acabou entrando".

Para o próximo duelo pela Copa Libertadores, Cuca terá um grande problema no sistema defensivo. Os dois zagueiros titulares do clube tomaram cartão amarelo e estão suspensos. Perguntado sobre o assunto, o técnico Cuca desconversou sobre como vai armar o time e disse pensar jogo a jogo.

"Perdemos o Veríssimo, que é um dos melhores brasileiros da posição, perdemos outro suspenso e temos um jogo decisivo contra o Olimpia. Vamos voltar pro Brasil, dormimos um pouco na sexta, no sábado trabalha um pouquinho pra jogar no domingo. Depois viaja, Olimpia. Depois viaja, Goiás. Depois o Corinthians. É difícil domingo e quarta manter evolução. Chega o momento que todo mundo acusa. Por isso os meninos tem entrado também".

Com o resultado no Equador, o Santos ficou muito próximo da classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores. Para carimbar a vaga, o Peixe precisa apenas de um ponto em dois jogos (contra Olimpia fora e Defensa y Justicia em casa).

 
'Professor' Robinho manda recado a Neymar
Comentários