Futebol Brasileiro

D'Alessandro defende paralisação das competições: 'Tem que suspender tudo'

Federação determinou que todos os jogos do Gaúcho fossem com portões fechados por causa do novo coronavírus

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

D'Alessandro defendeu a paralisação de todas as competições I Foto: Ricardo Duarte/Internacional

D'Alessandro defendeu a paralisação de todas as competições I Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O surto do novo coronavírus está fazendo com que diversas competições sejam realizadas com os portões fechados. Neste sábado (14), o meia D'Alessandro, do Internacional, afirmou em entrevista coletiva que defende não só as partidas sem público, mas a suspensão completa das competições.

"Acho que tem que suspender tudo. Não tem que jogar. Como já fizeram na Europa, em outros lugares, outros esportes, parques da Disney e tudo que sempre acompanhamos, visitamos e tivemos a sorte de poder conhecer. São lugares com muita gente. Para controlar o coronavírus acho que deveria suspender, mas não decido. É só minha opinião".

O argentino declarou que jogar uma partida de futebol sem público não faz sentido e comparou a situação a uma peça de teatro sem plateia.

"Se tenho que jogar, que seja com público. Sem público é feio. O espetáculo é para o torcedor. É como ir ao teatro e o ator não ter ninguém".

A Federação Gaúcha de Futebol anunciou, nesta sexta-feira (13), que todas as partidas da rodada deste final de semana do Campeonato Gaúcho serão disputadas com os portões fechados. A medida foi tomada por conta do surto do novo coronavírus,

O Internacional volta a campo para enfrentar o São José-RS, neste domingo (15), às 19h (de Brasília), no Estádio Francisco Novelletto, pela 3ª rodada do segundo turno do Gaúchão.

 
Comentários