Futebol Brasileiro

Dirigente do São Paulo desabafa sobre falta de títulos: 'Cansamos de tentar mudar de fora pra dentro'

Alexandre Pássaro diz que se reuniu com Fernando Diniz no começo do ano para tratar de melhoras no clima dentro do vestiário

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

1/2
Pássaro tem tentado mudar a mentalidade do São Paulo(Marcello Zambrana/AGIF)

Pássaro tem tentado mudar a mentalidade do São Paulo | Marcello Zambrana/AGIF

Dirigente do São Paulo desabafa sobre falta de títulos: 'Cansamos de tentar mudar de fora pra dentro'

Dirigente do São Paulo desabafa sobre falta de títulos: 'Cansamos de tentar mudar de fora pra dentro'

A falta de títulos incomoda, e muito, o torcedor são-paulino. E o gerente de futebol do clube, Alexandre Pássaro, sabe disso. Em entrevista ao "Lance!", o dirigente desabafou sobre o momento do Tricolor e revelou uma conversa com Fernando Diniz para tentar mudar a mentalidade do vestiário.

No começo do ano, eu e o Raí fizemos uma palestra para todos os funcionários, com o Diniz, e depois para todos os jogadores, dizendo que a gente estava um pouco cansado de tentar sempre fazer com que o São Paulo mudasse de fora para dentro. Lógico que a torcida é o maior bem que a gente tem, mas a gente tem que saber que só vai mudar essa atmosfera com bons resultados. E os bons resultados a gente vai fazer lá dentro. A gente precisa absorver cada vez menos o mundo de fora, porque isso interfere. Quando a gente pensou no vídeo, talvez tenha sido um reflexo disso."

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Mover esses jogadores e ter alguma coisa em troca mostra que aquele ativo, que aos olhos de muita gente parece um ativo podre, não é podre para o mercado. A gente precisa tirar um pouco da nossa paixão pelo São Paulo, da nossa paixão pelo jogo, e lembrar que aquele jogador foi contratado mediante um preço porque ele vale alguma coisa. Não é possível que depois de seis meses, um ano ou dois anos ele não valha absolutamente nada. Se a gente cair na conversa e acreditar que aquele ativo é podre, vamos fazer o que faziam: mandar para Cotia, rescindir... Isso a gente só tem feito com jogador que tenha um comportamento que mereça esse tipo de contrapartida do clube", complementou Pássaro.

Vale lembrar que o último título do São Paulo foi a Copa Sul-Americana de 2012, ainda com Lucas Moura e Rogério Ceni. O Tricolor não ganha o Campeonato Paulista desde 2005 e o Brasileiro desde 2008.

 
Comentários