Futebol Brasileiro

Dudu Cearense revela que jogadores do Botafogo o procuraram para derrubar Marcos Paquetá em 2018

Ex-meia não citou nomes, mas afirma que não compactuou com essa atitude na época

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Dudu Cearense comemora gol contra o Fluminense, em 2017 I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Dudu Cearense comemora gol contra o Fluminense, em 2017 I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Após a conquista do título carioca de 2018, o técnico Alberto Valentim trocou o Botafogo pelo Pyramids, do Egito, e foi substituído por Marcos Paquetá. Um dos mais experientes do elenco naquela temporada, Dudu Cearense revelou ao canal “Papo com Léo Careca“ que a mudança não agradou alguns e um grupo de jogadores o procurou para iniciar um movimento para derrubar o novo treinador.

O time foi muito mal, muito mal, muito mal e alguns atletas, não vou falar nomes, me chamaram: 'Esse cara (Paquetá) tem que sair da equipe, vamos derrubar ele'.

"Eu falei: 'Eu nunca fiz isso na minha carreira e não vou fazer hoje no fim dela. Não assumo essa responsabilidade porque não é minha. Se eu fosse diretor, chamaria para trocar o treinador'. Mas eu era atleta do Botafogo, há hierarquia, jogador, treinador, diretor e presidente (…) Se passou na frente, eu não sei, não participei disso. Mas jogador derruba sim".

Marcos Paquetá deixou o Botafogo após quatro derrotas em cinco jogos I Foto: AGIF

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Marcos Paquetá foi demitido do Botafogo após sofrer quatro derrotas em cinco partidas. Dudu Cearense foi contratado pelo Alvinegro em maio de 2016 e ficou no clube até sua aposentadoria no fim de 2018. Com a camisa do Glorioso, foram 48 partidas e dois gols marcados.

 
Mancini revela que ficou sete meses sem pagamento no Botafogo
Comentários