Futebol Brasileiro

EXCLUSIVO: Cruzeiro quer renovar os contratos de Patrick Brey e Renato Kayzer para as próximas temporadas

O atacante Renato Kayzer está emprestado ao Atlético-GO até o final do ano, enquanto Brey será aproveitado por Enderson Moreira no elenco preparado para a disputa da Série B

Por Rodrigo Fragoso

Patrick Brey iniciou o ano na Ferroviária, mas agora está no elenco celeste(Divulgação Cruzeiro)

Patrick Brey iniciou o ano na Ferroviária, mas agora está no elenco celeste | Divulgação Cruzeiro

Em meio à paralisação do futebol, o Cruzeiro não executa um planejamento baseado apenas na temporada atual, que deve retornar em agosto. A diretoria do clube trabalha também pensando no elenco dos próximos anos e, por isso, de acordo a apuração do Esporte Interativo, já abriu conversas para negociar a renovação dos contratos do lateral esquerdo Patrick Brey e do atacante Renato Kayzer.


Os dois jogadores têm contratos vigentes com o Cruzeiro até abril de 2021 e o objetivo da diretoria é ampliar os vínculos por, no mínimo, mais duas temporadas. A informação obtida pelo Esporte Interativo foi confirmada com Vinicius Nascimento, empresário da Three Sports Group, que agencia a carreira dos dois atletas.


O lateral esquerdo de 23 anos, Patrick Brey, que também atua como meia ou ponta, pertence ao Cruzeiro desde 2018 e foi emprestado à Ferroviária para a disputa do Paulistão dessa temporada. O jogador começou no banco de reservas, mas ao longo do campeonato se tornou titular. Com a paralisação do futebol, viu seu empréstimo se encerrar e o técnico Enderson Moreira pedir sua integração ao elenco celeste.


Já o atacante Renato Kayzer tem contrato de empréstimo com o Atlético-GO até o final do ano, onde disputará a Série A, e a expectativa da diretoria é de que o jogador possa fazer parte do elenco celeste novamente na próxima temporada, tendo em vista que ele já entrou em campo pelo Cruzeiro em seis oportunidades no ano passado, antes de ser aproveitado por Ponte Preta e Chapecoense.

>
 
Júlio Baptista revela vontade de treinar São Paulo e Cruzeiro no futuro
Comentários