Futebol Brasileiro

EXCLUSIVO: Palmeiras e Ceará receberão valor da venda de Arthur Cabral em quatro parcelas

Palmeiras receberá 1.1 milhão de euros a cada seis meses até dezembro de 2021 e dividirá cada parcela igualmente com o Ceará

Por Rodrigo Fragoso

Arthur Cabral é o artilheiro do Basel-SUI na temporada(Twitter @arthur98cabral)

Arthur Cabral é o artilheiro do Basel-SUI na temporada | Twitter @arthur98cabral

A venda de Arthur Cabral, anunciada hoje pelo Basel-SUI, representa 2,2 milhões de euros (no câmbio atual, cerca de R$ 13,4 milhões) nos cofres de Palmeiras e Ceará. De acordo com a apuração do Esporte Interativo, os clubes terão recebido todo o valor dos suíços em dezembro de 2021, data do pagamento da última das quatro parcelas acertadas entre Palmeiras e Basel-SUI.


A crise econômica gerada pela pandemia exigiu que vários acordos fossem modificados em muitas negociações entre clubes ao redor do planeta. Inicialmente, Palmeiras e Basel-SUI tinham um acordo envolvendo o pagamento em duas parcelas, mas alcançaram um novo acerto com o objetivo de dividir os 4,4 milhões de euros (na cotação atual, cerca de 26,8 milhões de reais) em quatro parcelas iguais de 1.1 milhão de euros (na cotação atual, cerca de 6,6 milhões de reais).


A primeira parcela será paga imediatamente, enquanto a segunda parcela tem de ser depositada em dezembro de 2020, a terceira deve ser quitada em julho de 2021 e a última em dezembro de 2021. O Palmeiras repassará 50% do valor de todas as parcelas ao Ceará. Vale destacar que o clube paulista ainda mantém 30% de mais-valia (porcentagem em cima do lucro de uma futura venda do jogador) de Arthur Cabral. O vínculo do atleta com o clube suíço é de três anos.

 
Jailson relembra jogos polêmicos contra o Corinthians no Paulistão: 'Fomos garfados'
Comentários