Futebol Brasileiro

EXCLUSIVO! 'Queremos fazer um campeonato tranquilo, olhando para cima da tabela', diz Prass

Fernando Prass, atual goleiro do Ceará, fala sobre como o time se preparou para ter um 2020 diferente e suas primeiras impressões nos campeonatos nordestinos 

Avatar del

Por Ana Paula Cerveira

Fernando Prass fala sobre evolução e reestruturação do Ceará para 2020(Pedro Chaves/AGIF)

Fernando Prass fala sobre evolução e reestruturação do Ceará para 2020 | Pedro Chaves/AGIF

De São Paulo para o Ceará, da camisa alviverde para a alvinegra: Fernando Prass, atual goleiro do Vozão, respira novos ares no Nordeste do Brasil e, apesar de toda a questão que o futebol vive por conta do novo coronavírus, mantém bons olhos para a evolução do Ceará.

"Pela ideia de planejamento é fazer um campeonato de maneira mais tranquila, olhando mais para a parte de cima da tabela", declara Prass, em entrevista exclusiva ao Esporte Interativo.

Só neste início de ano, a equipe já conta com dois fatores importantes. Além de alcançar a marca de, pela primeira vez na era dos pontos corridos, manter-se três anos consecutivos na Série A, também é o único clube da primeira divisão que permanece invicto - em 15 jogos, soma sete vitórias e oito empates. Embora sem tantos tentos, para o recém camisa 1 do clube nordestino, o equilíbrio para ir ainda mais longe está próximo.

"Acho que tivemos momentos em que a defesa oscilou ou o ataque oscilou, no momento em que a gente atingiu um equilíbrio, as coisas correram de uma forma mais natural."

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis! 

Foi justamente nesse início histórico que Prass vestiu as luvas para defender o time. O goleiro, que tem grandes marcas em sua carreira, estava há mais de dois anos sem ser titular. Após a saída do Palmeiras, embora tenha recebido outras propostas, o Ceará foi sua escolha. Um time que vem se reestruturando, com projetos e visão para o futuro. 

O Ceará vem passando por um processo de reestruturação. A parte financeira toda sanada, um clube sem dívidas. Comprou um CT para base e quitou em dois anos, investiu em estrutura. A ideia não é uma evolução meteórica, acho que é até mais saudável, mais lenta, com uma base mais forte."

Pedro Chaves/AGIF
Até aqui, Ceará está invicto com 15 jogos - sete vitórias e oito empates

Embora tenha se preparado de um lado, adversidades podem ocorrer do outro. O Ceará já está em seu terceiro técnico apenas neste ano de 2020. Começou com Argel Fucks, passou por Enderson Moreira e agora trabalha com Guto Ferreira. A mudança destes treinadores em tão pouco tempo, de acordo com o goleiro, pode retardar a evolução a curto prazo da equipe.

"A gente no começo teve muitas dificuldades, muitos empates. Com o Enderson a gente conseguiu ter resultados e rendimentos melhores. Mas estamos indo para o terceiro treinador nesse começo de temporada, isso dificulta um pouco."

Porém, nem estes impasses, nem a pandemia, impediram Fernando Prass de sentir a vibração da torcida do Vozão. É a primeira vez que o goleiro atua em campeonatos nordestinos e, mesmo com portões fechados e no início de temporada, não deixou de perceber a paixão cearense.

"Eu não dei muita sorte, vamos dizer assim, porque o meu primeiro jogo foi com portões fechados e o último também. E bem agora que estava chegando a fase quente dos campeonatos, que eram as finais, tanto da Copa do Nordeste como do Cearense, parou. Mas dá pra notar que é uma torcida muito apaixonada, um povo muito apaixonado, todo brasileiro é."

 
Fernando Prass diz que não sabe 'se tem tamanho' para um jogo de despedida no Palmeiras
Comentários