Futebol Brasileiro

Egídio comenta sobre eliminação do Flu na Sul-Americana: 'Sentimento horrível'

Lateral-esquerdo destacou a necessidade de o Tricolor dar a volta por cima na Copa do Brasil

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Egídio concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (21) I Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Egídio concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (21) I Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Os jogadores do Fluminense ainda tentam digerir a eliminação na Sul-Americana na última terça-feira (18). Em entrevista coletiva, nesta sexta (21), o lateral Egídio afirmou que foram "dias horríveis" deste a partida decisiva contra o Unión La Calera, mas que o Tricolor precisa olhar para o futuro.

"Foram três dias horríveis. É para ficar triste, é para doer sim, mas já passou. Não podemos ficar nos remoendo com passado. Mas não tem como voltar atrás. Já foi. Bola para frente (...) Logo após o jogo foi aquele sentimento horrível de ser desclassificado. Nossa expectativa era 100% de passar. O clima na volta para o hotel foi muito ruim".

Com um semblante um pouco mais sério do que o bom humor habitual, o atleta foi questionado sobre a partida contra o Moto Club, na próxima quarta-feira (26), pela Copa do Brasil. Egídio afirmou que está confiante para o confronto e destacou que uma possível eliminação não acabaria com o ano do Tricolor.

"Procuro sempre ver o lado positivo. Olho no rosto de cada um e vejo a gana de vencer. Estou confiante na Copa do Brasil. Tem a Taça Rio, mais para frente tem o Brasileiro. Estou muito confiante de que há coisas boas para nós pela frente. É buscar jogo a jogo. Temos que provar que temos condições".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O lateral-esquerdo de 33 anos atuou pelo Cruzeiro na temporada passada e foi contratado pelo Tricolor este ano. Até o momento, disputou 6 partidas com a camisa do Fluminense e ainda não marcou nenhum gol.

 
QUE RESENHA! Nene explica apelido de Filó para Alê Oliveira
Comentários