Futebol Brasileiro

Egídio quer a Libertadores pelo Fluminense e manda recado para “Dom Fredom”

Lateral superou a desconfiança da torcida e vive uma momento especial na vida pessoal, vai ser pai de Maria Flor, que ‘vai ser Fluzão’

Avatar del

Por Aline Nastari

Egídio quer conquistar a Libertadores pelo Fluminense(Mailson Santana/Fluminense FC)

Egídio quer conquistar a Libertadores pelo Fluminense | Mailson Santana/Fluminense FC

Depois do rebaixamento com o Cruzeiro em 2019, Egídio chegou ao Fluminense nessa temporada com desconfiança do torcedor. Tinha a difícil missão de substituir Caio Henrique, que era quase unanimidade entre os torcedores na lateral esquerda. Mas em poucos meses ele afastou a incerteza dos tricolores. Dos 15 jogos da temporada esteve em campo em 11, não marcou ainda, mas só no Estadual deu duas assistências. Na Copa do Brasil é líder de passes certos (163), jogador com mais posse de bola do campeonato e o terceiro em número de desarmes.

“Tantos títulos que já tenho na carreira não foram em vão. Para vir pro Fluminense eu me preparei pra chegar bem no começo do campeonato e já mostrar porque vim. Minha história no Cruzeiro ninguém vai apagar, foram 4 anos no total. Dentro desses 4 anos conquistamos 6 títulos e houve o rebaixamento. A desconfiança vem daí. Quem saiu ou ficou teve uma desconfiança. Quando é campeão é valorizado, quando cai gera essa desconfiança”.

 

 

Por onde passou Egídio conquistou títulos: Flamengo, Vitória, Goiás, Cruzeiro e Palmeiras. Tricampeão brasileiro e tricampeão da Copa do Brasil. Desde que virou profissional em 2006, só não levantou taça em 2007 e 2017.  Mas falta ainda um importante título nesse currículo.

 

“O título que me falta é a Libertadores, já disputei algumas e não consegui vencer. É um sonho. Quero ganhar um título nacional esse ano, ou terminar o campeonato na fase de grupos para ano que vem disputar e realizar esse sonho. Um dos meus objetivos dentro da carreira. Quero montar a minha história no Fluminense com títulos. Estou feliz e confiante”.

 

 

 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 

Para chegar a esse objetivo ele espera ter a ajuda de um ex-companheiro de Cruzeiro que é ídolo no Fluminense. Pela amizade com o Fred, Egídio é constantemente questionado sobre o retorno do atacante. E bem no estilo “Gidão” de ser, mandou um recado para o “Dom Fredom”.

 

“A gente vive se falando, tenho maior consideração por ele, daqui a pouco, ele vai voltar pro Fluzão, é ídolo aqui. Os gols mais bonitos da carreira dele foram aqui, vai ser ótimo ele voltar, a torcida ama ele e ele também ama o clube. Os funcionários lá ficam com olha cheio de água e ficam me perguntando. Parece até que sou empresário dele. Vi que o rei dos stories está treinando para caramba, que ele treine mais e mais: Dom, é para chegar voando, para gente meter aquele arco na cabeça e marcar. O que você mais sabe fazer é gol. Então vem ser feliz aqui no Fluzão”.

 

 

 

Egídio foi revelado pelo rival Flamengo, mas hoje vê seu destino completamente ligado ao Fluminense. Vive uma momento especial na vida pessoal: sua esposa, Thaysa Araújo, está grávida de 8 meses da primeira filha do casal, Maria Flor. Descobriu que seria pai em outubro do ano passado, quando nem imaginava que jogaria no Tricolor carioca, mas curiosamente tinha em suas mãos uma camisa do Fluminense quando recebeu a notícia.  

 

“Foi uma coisa muito de Deus. Jogamos contra o Fluminense em Minas, no Mineirão. Aí peguei a blusa lavada no clube e levei para casa. Quando entrei com a camisa na mão ela estava com a barriga desenhada: você vai ser papai. Foi lindo. Eu fiquei com olhos cheios de lágrimas, joguei a camisa em cima da cama e abracei ela. Não tinha nada de Fluminense na época. Ela já falava antes engravidar: nosso filho quando nascer vai ser Fluminense no Rio, gosto da cor, da torcida.... Aí aconteceu de eu fechar com o Fluminense. Hoje, o hospital para ter parto mais seguro no Rio de Janeiro é nas Laranjeiras. Maria Flor vai nascer nas Laranjeiras e vai ser Fluzão, a gente está muito feliz”.

 

 

Comentários