Futebol Brasileiro

Em apresentação no Fluminense, Hudson desabafa sobre 2019 no São Paulo

Volante Hudson defenderá o Fluminense em 2020 após não ter oportunidades no São Paulo na temporada passada

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Hudson não foi titular com Fernando Diniz(Alessandra Cabral/Getty Images)

Hudson não foi titular com Fernando Diniz | Alessandra Cabral/Getty Images

Hudson foi apresentado no Fluminense na manhã desta sexta-feira (17). Em sua apresentação, o volante mostrou incômodo sobre seu ano de 2019 no São Paulo, clube ao qual o atleta pertence.

"Comecei o ano jogando no São Paulo, dividia a faixa de capitão com o Hernanes. Aí houve a mudança de posição, fiquei jogando como lateral por três ou quatro meses. Houve um momento em que conversei com o Cuca, disse que gostaria de voltar a brigar pela posição de volante. E, a partir desse momento, eu parei de jogar", desabafou o atleta, que continuou:

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Minhas oportunidades ficaram raríssimas. Depois, houve a troca de treinadores, chegou o Fernando Diniz, e continuou da mesma maneira. O Diniz me colocou até para treinar de zagueiro durante um bom tempo.

No entanto, após contar detalhes da temporada, Hudson se mostrou disposto a deixar o episódio para trás e conquistar seu espaço no Fluminense.

"Foi um ano difícil, no começo joguei bastante, fiz 30 e poucos jogos no primeiro semestre, mas, no segundo semestre, não fiz quase nada. Foi um ano que aprendi muito, amadureci muito por tudo o que aconteceu com os treinadores e a situação no São Paulo. Mas agora isso é passado", afirmou.

O volante foi emprestado para o clube carioca pelo período de um ano. Pelo clube paulista, Hudson disputou 194 jogos e deixou sua marca em seis oportunidades.

 
  • SÃO PAULO
Comentários