Futebol Brasileiro

Em comunicado, Vasco critica Edmundo: 'Escolheu o caminho da política rasteira'

Cruz-Maltino afirmou que o ex-jogador e ídolo 'atacou o clube e ludibriou os milhões de torcedores'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Edmundo é considerado um dos maiores ídolos da história do Vasco I Foto: Daniel Ramalho/AGIF

Edmundo é considerado um dos maiores ídolos da história do Vasco I Foto: Daniel Ramalho/AGIF

O Vasco emitiu um comunicado oficial criticando as recentes declarações do ex-jogador Edmundo. Em seu site oficial, o Cruz-Maltino afirmou que o ídolo "usou o espaço que lhe é concedido pela Fox Sports para atacar o Club de Regatas Vasco da Gama e ludibriar os milhões de torcedores".

Ainda de acordo com a nota, o time carioca declarou que Edmundo é reconhecidamente ligado a um grupo de oposição à diretoria administrativa atual e "escolheu o caminho da política rasteira ao se referir ao acordo feito com o clube".

Em seguida, o Vasco publicou uma foto de um comprovante de pagamento e afirmou que o ídolo foi "à televisão desrespeitar não apenas o torcedor vascaíno e a instituição, mas os telespectadores da emissora para a qual trabalha.

Confira a nota na íntegra:

"Nesta segunda-feira (06/01), o ex-jogador Edmundo Alves de Souza Neto mais uma vez usou o espaço que lhe é concedido pela Fox Sports para atacar o Club de Regatas Vasco da Gama e ludibriar seus milhões de torcedores. Reconhecidamente ligado a um grupo de oposição à Diretoria Administrativa do Clube, Edmundo escolheu o caminho da política rasteira ao se referir ao acordo feito com o Vasco na Justiça.

A atual Diretoria tem feito enorme esforço para renegociar e quitar os passivos do Clube. Assim foi no caso do ex-atleta Edmundo – diga-se, o único entre todos os credores que penhoravam R$ 32 milhões dos cofres do Clube a não aceitar um desconto; a Diretoria cumpriu o seu dever, honrando o compromisso. Qualquer narrativa que desconsidere este fato carece de honestidade e boa fé. 

Por ser, inegavelmente, um dos maiores ídolos da história do Vasco e, sobretudo, por esta condição, Edmundo deveria ter um maior apreço à verdade ao se referir ao Clube. Tivesse qualquer dúvida, bastaria que o ex-jogador e agora formador de opinião pedisse ao seu advogado – que é, aliás, presidente de um clube rival – para entrar em contato com o Vasco, antes de ir à televisão desrespeitar não apenas o torcedor vascaíno e a Instituição, mas os telespectadores da emissora para a qual trabalha".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Comentários