Futebol Brasileiro

Em reunião realizada nesta quarta, cancelamento do Paulistão é descartado

Federação e clubes se reuniram para debater soluções para o Campeonato Paulista após a pandemia do novo coronavírus

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Campeão do Paulistão será decidido no campo(Reprodução)

Campeão do Paulistão será decidido no campo | Reprodução

Os clubes que disputam o Campeonato Paulista e a Federação da competição se reuniram por meio de uma reunião virtual para debater soluções para a competição, atualmente paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus.

Dentre os combinados, o principal fica pelo fato de que a competição deve ser terminada em campo, com campeão e rebaixados. Ou seja, está descartado um possível cancelamento do Paulistão 2020. 

No entanto, o Campeonato não tem data marcada para seu retorno, já que seguirá as ordens das autoridades de saúde sobre o caso. Sendo assim, o Paulistão pode, inclusive, terminar apenas no ano de 2021.

A Federação ainda se comprometeu de que não haverá dificuldade para renovações de contrato dos atletas que tiverem seu período finalizado.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Confira a nota oficial emitida pela Federação Paulista de Futebol:

'A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 - 2020, em reunião virtual realizada nesta quarta-feira, 15 de abril de 2020, de forma unânime, chegaram ao seguinte entendimento sobre a situação atual provocada pelo COVID-19:
 

- Em respeito aos milhões de torcedores, parceiros comerciais e Grupo Globo, detentor dos direitos de transmissão, o Campeonato Paulista Série A1 – 2020 será concluído em campo, conforme estabelece o regulamento da competição;

- Diante do cenário de Pandemia, não há data para a retomada, que somente será definida em nova videoconferência a ser agendada, seguindo as determinações das autoridades públicas de saúde;

- A ordem de retorno do futebol priorizará a preservação da saúde de todos os envolvidos e, portanto, o bom senso indica que as competições com menor deslocamento de todos os envolvidos (estaduais) aconteçam primeiro, avançando em seguida para aquelas que exigem viagens mais longas (nacionais e continentais);

- Os jogos poderão ser realizados inicialmente com portões fechados, evitando qualquer risco de aglomerações;

- O Campeonato cumprirá a Lei Pelé, o Estatuto do Torcedor e a Legislação geral vigente, bem como, o estatuto da Federação Paulista de Futebol e os regulamentos geral e específico da competição;

- A Comissão Médica da FPF está trabalhando no desenvolvimento de um protocolo de segurança, que proteja a saúde e integridade de todos os envolvidos nos jogos.

A Federação Paulista de Futebol e seus Clubes filiados entendem que as dificuldades de organização de datas e a possibilidade de realização de jogos com portões fechados geram consequências comerciais e técnicas negativas para todos. No entanto, prevaleceu entre todos a convicção de que a priorização da saúde e da segurança dos milhares de profissionais envolvidos no futebol se faz necessária nesse momento, e é o princípio que guiará todas as nossas decisões.'

 
EXCLUSIVO! Daniel Alves diz que São Paulo tem mesmos conceitos do futebol europeu e brigaria nas principais ligas
Comentários