Futebol Brasileiro

FIFA suspende Athletico de registrar contratações nas próximas duas janelas de transferências; Rony está suspenso por quatro meses

Punição envolve imbróglio judicial entre Rony e Albirex Niigata, prejudicando também o Palmeiras, atual clube do atacante

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Rony foi contratado pelo Palmeiras no início de 2020(Ag. Palmeiras/Cesar Greco)

Rony foi contratado pelo Palmeiras no início de 2020 | Ag. Palmeiras/Cesar Greco

A novela envolvendo a briga judicial entre Rony e Albirex Niigata, do Japão, continua rendendo novos capítulos. A Câmara de Resoluções de Litígio da FIFA decidiu a favor do clube japonês e puniu o atacante Rony de atuar por quatro meses, fato que prejudica o Palmeiras, enquanto o Athletico, clube que o contratou do Albirex, foi punido com duas janelas de transferências sem poder registrar novas contratações. A notícia foi publica pelo 'Globoesporte' e confirmada pelo Esporte Interativo.

Além da punição desportiva, Rony também terá de pagar ao Albirex cerca de R$ 6 milhões. Embora as sanções tenham efeito imediato, é possível recorrer ao CAS (Tribunal Arbitral do Esporte) nos próximos 21 dias. A partir do momento que o pedido for protocolado, as punições são suspensas até o anúncio da decisão na nova instância. Após a decisão do CAS, não há mais como recorrer. Os julgamentos ficam em análise aproximadamente um ano.

Antes de ser contratado pelo Athletico, Palmeiras e Corinthians sondaram o jogador e tentaram a sua contratação, mas os departamentos jurídicos de ambas equipes vetou o negócio direto com o atleta pelo imbróglio jurídico que se desenhava na época. O jogador chegou a ser anunciado pelo Botafogo, mas a transferência não se concretizou. Somente o CAP obteve êxito na contratação do atacante após sua conturbada saída do clube japonês
 

Comentários