Futebol Brasileiro

Fábio diz que Cruzeiro tinha chances de evitar rebaixamento com Mano Menezes

Goleiro da Raposa afirmou que a saída do técnico após uma vitória em 18 jogos 'foi um erro'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Fábio está no Cruzeiro desde 2005 e é um dos grandes ídolos do clube I Foto: Fernando Moreno/AGIF

Fábio está no Cruzeiro desde 2005 e é um dos grandes ídolos do clube I Foto: Fernando Moreno/AGIF

A temporada passada ficou marcada como uma das piores na história do Cruzeiro. Em entrevista ao 'UOL', o goleiro Fábio afirmou que o clube mineiro "tinha grandes chances" de evitar a queda para a Série B se Mano Menezes tivesse permanecido no comando do time. O treinador deixou a Raposa em agosto de 2019, após conseguir apenas uma vitória em suas últimas 18 partidas.

O maior erro, no meu ponto de vista, foi a saída do Mano. Acho que se o Mano tivesse permanecido, a gente tinha grande chance (de permanecer na Série A) porque a gente já estava acostumado ao trabalho".

"Só que algumas situações de bastidores também prejudicaram muito o trabalho do Mano e ele, dez anos de futebol, conhece quando o negócio está ficando diferente, e optou por sair. Mas eu tinha muita fé, pelo que ele já conhecia do Cruzeiro, do grupo, pelo que ele já tinha feito nas duas últimas temporadas, com ele a gente tinha grande chance de voltar ao eixo".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O goleiro está no clube mineiro desde 2005 e é um dos grandes ídolos da história da Raposa. Mano Menezes deixou o comando do Cruzeiro em agosto de 2019 após a derrota para o Internacional no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Na época, o clube ocupava a 18ª colocação do Brasileirão, na zona de rebaixamento, com 10 pontos.

 
QUE ISSO, EGÍDIO!? Lateral é expulso após entrada violenta em Wallyson
Comentários