Futebol Brasileiro

Final da Libertadores: Conmebol troca árbitro que comandaria o VAR na partida

Diego Haro foi afastado da decisão entre Flamengo e River Plate após conceder entrevista opinando sobre duas equipes, o que vai de encontro ao regulamento da entidade máxima do futebol sul-americano

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

O peruano Diego Haro é um dos árbitros que carregam o distintivo da Fifa em seu peito(Marcelo Endelli / 2019 Getty Images)

O peruano Diego Haro é um dos árbitros que carregam o distintivo da Fifa em seu peito | Marcelo Endelli / 2019 Getty Images

A quatro dias da grande final da Libertadores, a Conmebol tomou uma decisão de impacto e decidiu trocar o árbitro que comandaria as operações do VAR para Flamengo e River Plate. O peruano Diego Haro foi afastado da sua função após ter dado uma entrevista onde fala sobre os dois finalistas. Ele será substituído pelo uruguaio Esteban Ostojich.

Haro, a uma rádio argentina, elogiou o clube brasileiro e o argentino, afirmando que o Flamengo possui, com Jorge Jesus, uma filosofia definida de jogo, enquanto o River revolucionou futebolisticamente a América do Sul nos últimos anos. A manifestação pública contraria o regulamento da Conmebol.

Rubro-negros e millonarios se enfrentarão no próximo dia 23, às 17h (de Brasília), na primeira decisão em jogo único da história da Libertadores. O confronto será disputado em Lima, no Peru. Em caso de empate no tempo normal, o duelo irá para a prorrogação e, se necessário, para a disputa de penalidades máximas.

  • Flamengo
  • River
  • VAR
  • Conmebol
  • Diego Haro
Comentários