Futebol Brasileiro

Flamengo divulga balanço financeiro com receita recorde e superávit de R$ 62 mi

Na temporada passada, o clube fez R$ 294 milhões com a venda de jogadores e R$ 109 milhões em bilheteria

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, ao lado de Jorge Jesus I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, ao lado de Jorge Jesus I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O Flamengo divulgou nesta terça-feira (31) o seu balanço financeiro relativo à temporada 2019. Atual campeão da Libertadores e do Brasileirão, o clube apresentou uma receita recorde e superávit de R$ 62 milhões.

Com a paralisação das atividades do clube por causa da pandemia do novo coronavírus, a diretoria precisou fazer uma espécie de "teste de stress". De acordo com o Rubro-Negro, a receita de bilheteria é o único impacto que dificilmente será compensado até o final do ano.

Veja alguns números do balanço financeiro do Flamengo:

  • Direitos de transmissão: R$ 59 milhões
  • Premiação: R$ 148 milhões
  • Patrocínio e publicidade: R$ 78 milhões
  • Licenciamento e royalties: R$ 14 milhões
  • Mídias digitais e serviços "on demand": R$ 120 milhões
  • Bilheteria: R$ 109 milhões
  • Sócio-torcedor: R$ 61 milhões

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Grande parte da receita do Flamengo é originada da venda de jogadores. Em 2019, o clube fez R$ 294 milhões em negociações. Deste valor total, ainda precisa receber R$ 49 milhões.

 
Vitinho elogia Jorge Jesus: "Ele quer que a gente jogue mais pra frente"
Comentários