Futebol Brasileiro

Fluminense aproveita paralisação para recuperar jogadores lesionados: Gilberto e Miguel já treinam com o grupo

Departamento médico do clube tem apenas um jogador nesse momento, o zagueiro Frazan que se recupera de cirurgia.

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Miguel e Gilberto recuperados de lesão muscular.(Lucas Merçon / Fluminense FC)

Miguel e Gilberto recuperados de lesão muscular. | Lucas Merçon / Fluminense FC

Antes da paralisação do futebol como consequência da pandemia do novo coronavirus, o departamento do Fluminense tinha três jogadores, agora tem apenas um: o zagueiro Frazan. Gilberto e Miguel aproveitaram o tempo sem jogos e se recuperaram das lesões musculares. O lateral, inclusive, já havia falado sobre a evolução do seu quadro ao “Fora de Jogo” do Esporte Interativo.

 

"Eu estou 100%, foi uma lesão muscular que eu já conhecia, já tive ela uma vez, então foi mais tranquilo. Mesmo antes de acontecer essa pandemia, eu já tinha aparelhos de fisioterapia em casa. Fiquei em contato com os fisioterapeutas do Fluminense, com a experiência que eu tinha, o contato com eles e os aparelhos em casa, ficou tudo mais fácil. O próprio tempo ajudou na recuperação, já passei da parte de fisioterapia e já comecei a conversar com a rapaziada da preparação física, fiz todos os trabalhos e hoje já posso treinar normalmente", explicou o jogador.

 

Miguel passou praticamente pelo mesmo processo de Gilberto para se recuperar de uma lesão no músculo posterior da coxa direita. O meia foi monitorado pelo clube durante esse período. O coordenador de fisioterapia Nilton Petrone, explicou o tratamento.

 

 

“Eles já tinham sido orientados, então já sabiam os procedimentos de evolução do trabalho. Já haviam começado os trabalhos conosco antes da pausa. Eles levaram equipamentos do clube para casa e ficamos remotamente orientando eles. A gente estava disponível para conversar com eles a qualquer hora que precisassem. Então, Gilberto e Miguel fizeram todos os protocolos estabelecidos, se recuperaram ainda a tempo de fazer o treinamento remoto que iniciamos antes das férias, porque eles já estavam na fase final da recuperação. Então, quando retornaram agora, voltaram normal. Eles já tinham feito o protocolo da transição com a preparação física” - explicou o fisioterapeuta.

 

A situação de Frazan é um pouco mais complicada, afinal o zagueiro passou por uma cirurgia no joelho direito.

 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 

“No caso do Frazan, que fez uma cirurgia de joelho, ele já está com movimento de extensão e flexão do joelho praticamente normais, já começou a fazer os trabalhos de força e a fazer bicicleta. Então, acreditamos que quando voltarmos aos treinos, ele estará entregue a preparação física para fazer a transição” – disse Nilton Petrone.

Miguel e Gilberto fazem parte do grupo do Fluminense que voltou aos treinamentos depois das férias, desde 2 de maio, de forma remota, no que o Fluminense vem chamando de “Inter temporada virtual”.

 

 
Comentários