Futebol Brasileiro

Fluminense e Botafogo explicam não assinatura de nota da FERJ: ‘O futebol pode esperar’

Clubes cariocas se dividem em relação ao retorno das atividades do futebol. Flamengo e Vasco são a favor

Avatar del

Por Aline Nastari

Nota de esclarecimento da FERJ não assinada por Fluminense e Botafogo(Divulgação FERJ)

Nota de esclarecimento da FERJ não assinada por Fluminense e Botafogo | Divulgação FERJ

Os quatro grandes clubes do Rio divergem em relação ao retorno das atividades do futebol. Enquanto Flamengo e Vasco são a favor da volta o mais rápido possível, Fluminense e Botafogo entendem que o momento no estado é crítico para pensar em treinos presenciais. Posicionamentos que ficaram evidente na nota de esclarecimento divulgada mais cedo pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro, já que o tricolor e o alvinegro foram os únicos clubes a não assinarem.

Procurado pelo Esporte Interativo o Fluminense explicou através de sua assessoria a não adesão do posicionamento da entidade:

“Não assinamos porque, como já dito, o Fluminense só voltará aos treinos presenciais quando houver um posicionamento oficial das entidades governamentais e de saúde. Nesse momento estão falando em ‘lockdown’ no estado, chega a ser um contrassenso pensar em voltar. Seguimos com a mesma posição do início”.

Segundo a assessoria, a posição do Fluminense é em virtude do cenário atual no Rio de Janeiro. Pela primeira vez o estado ultrapassou São Paulo e registrou o maior número de mortes por Covid-19 em 24 horas.  Foram 189 apenas nesta quinta-feira (7), mais que o dobro registrado na quarta-feira (6), quando 82 pessoas morreram contaminadas pelo vírus. O Botafogo segue a mesma linha.

“É questão de coerência a nosso posicionamento público. Estamos próximos ao pico da pandemia, com o sistema público de saúde perto da asfixia e o que mais se fala é em lockdown. O futebol pode esperar. O retorno tem que ser orgânico. Respeito a atitude dos demais clubes, mas entendemos ser a hora de preservar a saúde de todos e por isso não assinamos” – disse o presidente Nelson Mufarrej.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

A nota da Federação fala em retornar às atividades “de forma responsável, restrita, reduzida e sob vigilância”, obedecendo um protocolo médico já estabelecido. O posicionamento traz ainda a importância econômica do futebol que emprega muitas famílias que já estão sofrendo nesse momento de crise.

Flamengo e Vasco também foram procurados. O rubro-negro carioca, através de sua assessoria, disse que entende que a nota da FERJ já é um posicionamento e a princípio não dará nenhum outro complementar. Já o Vasco não respondeu até o fechamento desta matéria.

 
Walter Feldman diz que futebol brasileiro não tem prazo para voltar
Comentários