Futebol Brasileiro

Fluminense é condenado na Justiça por ação do argentino Claudio Aquino

Jogador atuou no Tricolor carioca em 2016 e só entrou em campo duas vezes

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Claudio Aquino em sua chegada ao Fluminense, em 2016(Mailson Santana / Fluminense F.C)

Claudio Aquino em sua chegada ao Fluminense, em 2016 | Mailson Santana / Fluminense F.C

Em meio ao momento de paralisação no futebol, devido à pandemia do novo coronavírus, o Fluminense foi condenado no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, após ação movida pelo meia argentino Claudio Aquino, que atuou no clube em 2016.

Aquino entrou na Justiça contra o Tricolor carioca em janeiro do ano passado, cobrando direitos trabalhistas sobre imagem recebida e reclamando de redução salarial ao ser emprestado ao Belgrano. O valor requerido era de R$ 1.260.077,15. 

No entanto, a quantia total ainda não foi acatado pelo magistrado e o valor final a ser pago pelo Fluminense ainda será decidido posteriormente. Ambas as partes ainda podem recorrer da decisão.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Hoje no Cerro Porteño, do Paraguai, Aquino desembarcou nas Laranjeiras na temporada de 2016, quando Levir Culpi era técnico da equipe, e entrou em campo em apenas duas oportunidades. No ano seguinte, com Abel Braga, ficou fora dos planos e acabou saindo por empréstimo ao futebol argentino.

 
QUE RESENHA! Nene explica apelido de Filó para Alê Oliveira
Comentários