Futebol Brasileiro

Fora dos planos, Bryan Ruiz cobra dívida para rescindir com o Santos

Meia costarriquenho revelou que alertou à diretoria que os valores eram altos, mas a diretoria o garantiu que não haveria problema

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Bryan Ruiz não disputou nenhum jogo com o Santos em 2019(Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Bryan Ruiz não disputou nenhum jogo com o Santos em 2019 | Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Mesmo sem atuar há mais de um ano e fora dos planos do Santos, o meia Bryan Ruiz não pretende sair do Peixe enquanto o clube não quitar a dívida que tem com o atleta. Em entrevista ao jornal 'La Nación', da Costa Rica, o atleta afirmou que não assinará sua rescisão enquanto não receber o valor que devem a ele.

"No momento, não há acordo. Quero isso (a rescisão), o Santos sabe, eu disse, mas há dívida comigo que devem quitar e não posso assinar uma rescisão até isso ocorrer. A janela abriu e é uma possibilidade de solução, mas é importante primeiro terminar esse assunto com o Santos para que ocorra algo a mais. O que eu quero é que o Santos pague o que deve. Nada mais".

Bryan Ruiz revelou ainda que, na época de sua negociação com o Santos, no meio de 2018, alertou ao Santos que os valores eram altos e que poderia seguir outro caminho, mas que o Santos o garantiu que não teria problemas no pagamento.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Quando assinei, lembro que disse que não havia problema em ir para outro lugar se eles achassem o salário muito alto. Eles insistiram para eu ficar e falaram em me dar tudo, mas logo não cumpriram com alguns pagamentos e eu não sou responsável por isso".

Contratado após a Copa do Mundo de 2018, na qual foi titular da Costa Rica, Bryan Ruiz disputou 13 jogos com o Peixe, sem marcar nenhum gol. Nesta temporada, já afastado, não atuou em nenhuma partida.

Comentários