Futebol Brasileiro

Francisco Dyogo, sobrevivente da tragédia do Ninho, assina primeiro contrato profissional

Garoto de 16 anos foi um dos sobreviventes do incêndio no Ninho do Urubu 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Francisco Dyogo é o primeiro dos sobreviventes a assinar um vínculo profissional(Foto: Arquivo Pessoal)

Francisco Dyogo é o primeiro dos sobreviventes a assinar um vínculo profissional | Foto: Arquivo Pessoal

Em meio a dias difíceis por conta da pandemia do novo coronavírus, uma notícia boa nesta quarta-feira (18). Francisco Dyogo, um dos sobreviventes da tragédia do Ninho do Urubu em fevereiro de 2019, assinou seu primeiro contrato profissional com o Flamengo. O vínculo tem duração de dois anos, até 28 de fevereiro de 2023. 

Francisco Dyogo foi o primeiro das três vítimas que sofreram ferimentos no incêndio a firmar um contrato profissional com o clube. O documento foi assinado nesta quarta-feira (18), no Ninho do Urubu. O jogador, que mora no CT, estava à espera de seu pai para formalizar o vínculo e seguir viagem para Fortaleza, onde mora sua família, para iniciar a quarentena de prevenção ao novo coronavírus. 

"Mais um sonho realizado na minha vida. Agradecer a Deus e minha família por ter me ajudado nessa conquista. Muito feliz em assinar meu primeiro contrato profissional", comemorou o jovem, que completou 16 anos em janeiro. 

 
Comentários