Futebol Brasileiro

Gestor do Santos admite interesse em Robinho e explica negociação

Matheus Rodrigues, membro do Comitê de Gestão do Santos, afirmou que o Peixe tem que acertar primeiro o pagamento de uma dívida antiga com Robinho

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Robinho conquistou ao menos um título em cada passagem que teve pelo Santos(Ivan Storti/Santos FC)

Robinho conquistou ao menos um título em cada passagem que teve pelo Santos | Ivan Storti/Santos FC

Nas últimas semanas, rumores sobre um possível retorno de Robinho ao Santos mexeram com torcedores nas redes sociais. Membro do Comitê de Gestão do Peixe, Matheus Rodrigues admite que o clube tem interesse em repatriar o ídolo, mas que antes de poder negociar com o atleta, o clube deve pagar uma dívida antiga.

"Há o interesse do Santos em ter o atleta. Existe o interesse do jogador em voltar, porém, vi muitas pessoas garantindo que o Robinho aceitou reduzir o salário de R$ 500 mil para R$ 400 mil. Não houve nenhum tipo de conversa nesse teor. Nós estamos falando com a Marisa (Alija, representante e advogada do atacante) sobre a dívida anterior, de gestões passadas, para então, depois disso, a gente pensar em um novo horizonte", disse em entrevista à "TV Cultura Litoral".

Em entrevista exclusiva, concedida no final de fevereiro ao comentarista Ricardo Martins, do Esporte Interativo, Robinho admitiu a possibilidade de diminuir o salário e parcelar a dívida em "até 50 vezes". Diante desse cenário, o Peixe procura formas para quitar a dívida e planeja uma proposta para trazer o atacante de volta no meio do ano.

"O Robinho é um ídolo, uma referência e hoje entendo, depois que entrei no futebol, o quanto um atleta faz a diferença num vestiário, antes e pós jogos. Não vamos mentir. Ainda não tem proposta. Trabalhar e quitar a dívida e de repente no meio do ano, se tivermos condições financeiras, quem sabe a gente possa pensar nessa possibilidade", disse o gestor Matheus Rodrigues.

Formado nas categorias de base do Santos, Robinho soma três passagens pelo Santos, com ao menos um título conquistado em todas elas. Em sua primeira passagem (2002 a 2005), conquistou dois Brasileiros. Em sua segunda (2010), faturou o Paulistão e a Copa do Brasil. Na terceira (2014 a 2015), venceu um Campeonato Paulista.

 
Robinho fala sobre situação na Turquia
Comentários