Futebol Brasileiro

Governador do RS afirma que treinos de Grêmio e Inter podem ser suspensos

Novo decreto do governo do Rio Grande do Sul veda a abertura de clubes esportivos em determinadas regiões

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Eduardo Leite, governador do RS, afirma que treinos da dupla Gre-Nal podem ser suspensos I Foto: Suamy Beydoun/AGIF

Eduardo Leite, governador do RS, afirma que treinos da dupla Gre-Nal podem ser suspensos I Foto: Suamy Beydoun/AGIF

O retorno aos treinos de Grêmio e Internacional pode ser suspenso em breve. O novo decreto do governo do Rio Grande do Sul, que deve ser publicado ainda neste domingo (10) e vai passar a valer a partir de segunda (11), veda a abertura de clubes esportivos.

O novo modelo divide o estado em 20 regiões e as classifica com as bandeiras amarelas (risco baixo), laranja (risco médio), vermelha (risco alto) e preta (risco altíssimo). Porto Alegre está na área de cor laranja. Em entrevista coletiva remota, Eduardo Leite, governador do estado, confirmou a possível proibição dos treinos da dupla Gre-Nal.

A rigor, com o novo decreto, os treinos deverão estar restritos".

"O decreto é sobre funcionamento do clube esportivo, e o funcionamento estará vedado nestas condições. Na bandeira laranja, a determinação é que se suspenda as atividades em clubes esportivos. Só podendo funcionar na bandeira amarela".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Eduardo Leite também descartou a volta do Campeonato Gaúcho em maio, em reunião com a Federação Gaúcha de Futebol. O governador afirmou que o retorno da competição é difícil por causa da regionalização.

"Na bandeira amarela podem os clubes esportivos funcionar. Esta decisão de ter ou não é a partir da Federação nos protocolos aqui estabelecidos. Parece difícil porque não conseguimos assegurar uniformidade no estado e concentrar o campeonato em uma região geraria um custo e uma dificuldade para operação, mas é uma decisão da própria FGF".

 
A INCRÍVEL COLEÇÃO DE CAMISAS DE PAULO DYBALA
Comentários