Futebol Brasileiro

Governador do Rio afirma ser contra o retorno do futebol no estado no momento

Em nota, Wilson Witzel destacou que a 'pandemia ainda é grave' e pode comprometer a saúde e segurança dos atletas

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Maracanã chegou a receber alguns jogos sem público antes da pandemia I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Maracanã chegou a receber alguns jogos sem público antes da pandemia I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O retorno do futebol nacional ainda é discutido entre federações, clubes e governos estaduais. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, divulgou uma nota à imprensa em que manifesta ser "contrário à realização de partidas de futebol ou treinos" atualmente por causa da pandemia do novo coronavírus.

Eu quero me manifestar absolutamente contrário à realização de jogos de futebol ou treinos. A pandemia ainda é grave e considero que neste momento não é adequado para a saúde e a segurança dos atletas ou de todos aqueles envolvidos nos jogos e treinamentos".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco estenderam as férias dos seus jogadores até o dia 30 de abril. Os arquirrivais usaram suas redes sociais para comunicar seus torcedores sobre a decisão. Ainda não se sabe o que será feito depois dessa data.

 
Com ingresso para a final, torcedor do Flamengo vai ter que ver a partida no Maracanã
Comentários