Futebol Brasileiro

Grêmio entra com pedido de anulação do jogo contra o São Paulo no STJD

O Tricolor gaúcho alega ter sido prejudicado pela arbitragem e pede investigação na troca da equipe de juízes para a partida

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Grêmio quer anulação do jogo contra o São Paulo(Marcello Zambrana/AGIF)

Grêmio quer anulação do jogo contra o São Paulo | Marcello Zambrana/AGIF

Na tarde desta terça-feira (20), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) anunciou que o Grêmio ingressou com Medida Inominada com pedido de contestação do jogo contra o São Paulo, válido pela 17ª rodada da do Campeonato Brasileiro. No último domingo (18), o presidente Romildo Bolzan Jr. já havia comunicado nas redes socias do clube que entraria com o pedido de anulação.

O STJD descreve que, no documento, o Tricolor gaúcho "destaca a troca da arbitragem horas antes da partida e afirma que a mesma interferiu decisivamente em, no mínimo, quatro lances capitais do jogo". 

Além de vários questionamentos sobre a atitude do árbitro durante a partida e sobre a reunião realizada para trocar a equipe de arbitragem, o Grêmio pediu, de acordo com a nota divulgada pelo STJD:

  • Seja dado o imediato conhecimento da instauração do presente processo ao Presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, determinando que o resultado da partida não seja homologado até a decisão final da impugnação, na forma do parágrafo 3 do artigo 84 do CBJD;
  • Defira o diferimento do prazo de apresentação das provas, tendo em vista o já noticiado envio de ofício a CBF solicitando que apresentem elementos fundamentais para o deslinde do feito, garantindo assim ao Grêmio a ampla defesa e o contraditório;
  • Determine a secretaria o envio de ofício a CBF, requerendo que responda também a este Tribunal os questionamentos e requerimentos encaminhados pelo Grêmio no ofício em que solicitou a abertura de investigação interna, eis que se tratam de provas fundamentais ao presente processo;
  • Por fim, requer a anulação da partida com a designação de nova data para sua realização;
  • Protesta pela produção de todos os meios de provas em direito admitidos;
  • Por derradeiro, junta neste ato instrumento de procuração que atesta os poderes dos procuradores ao final firmados e requer, por cautela, a concessão de prazo de 24 horas para juntada de instrumento procuratório com poderes especiais, as quais não foram possíveis obter em função do horário e de compromissos de viagem do Presidente.

O jogo aconteceu no último sábado (17), no Morumbi, e terminou com o placar empatado em 0 a 0.

 
Everton Ribeiro aplica lindo chapéu em Cortez no Maracanã
Comentários