Futebol Brasileiro

Gustavo Henrique não confirma saída, mas afirma: ‘Desejo jogar na Europa desde pequeno’

Em final de contrato com o Santos, Gustavo Henrique deve deixar o clube de graça em fevereiro

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Gustavo Henrique não confirma saída, mas afirma: ‘Desejo jogar na Europa desde pequeno’

Gustavo Henrique não confirma saída, mas afirma: ‘Desejo jogar na Europa desde pequeno’

O zagueiro Gustavo Henrique concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (16) para esclarecer sua situação no Peixe. Com contrato no final, o atleta deve deixar o clube de graça em fevereiro do ano que vem. A informação da saída do zagueiro foi antecipada em primeira mão pelo comentarista Alexandre Praetzel.

Na entrevista, o camisa 6 revelou que sempre teve o sonho de atuar na Europa e já tentou antes uma transferência ao Velho Continente.

“Fui chamado quando faltava dois meses para assinar um pré-contrato. Sempre falei do meu desejo de atuar na Europa, mas não abri negociação nenhuma. Quando me chamaram para renovar, já estava com a cabeça para sair daqui. É um desejo desde pequeno. Ficamos nessa divisória de ficar ou sair. Pedi para o meu empresário viajar a Europa para ver se algum clube pagaria a multa, mas é difícil. Meu desejo de jogar na Europa é real e também recebi propostas de outros clubes. Vou escolher o que é melhor para mim e para minha família”, disse o zagueiro.

SP - Sao Paulo - 08/04/2019 - Paulista 2019, Santos x Corinthians - Gustavo Henrique jogador do Santos durante partida contra o Corinthians no estadio Pacaembu pelo campeonato Paulista 2019. Foto: Marcello Zambrana/AGIF
Gustavo Henrique deve ir para a Europa de graça em 2020 | Ivan Storti/Santos FC

Com menos de seis meses de contrato no Santos, Gustavo Henrique já pode assinar um contrato com qualquer equipe. Apesar de interesse maior na Europa, Flamengo, Corinthians, Palmeiras e São Paulo monitoram a situação do atleta. O defensor não escondeu que a parte financeira pode pesar na sua decisão.

Primeiramente, vou pensar na minha felicidade. Se eu for para um clube que me pagará milhões e eu não for feliz, não vai valer a pena. Tenho que pensar no financeiro, mas não quero pedir além do que o Santos pode pagar. É um salário bom, mas não se compara com os outros mercados que vieram atrás de mim. Sempre me dediquei muito a esse clube e se eu sair, será de cabeça erguida”.

Gustavo Henrique é titular absoluto do Santos com Jorge Sampaoli. O camisa 6 disputou 44 dos 51 jogos do Santos, balançando as redes quatro vezes - sua temporada mais artilheira no clube. No total, o zagueiro tem 204 partidas disputadas pelo Peixe, com 12 gols.

Comentários