Futebol Brasileiro

Honda sugeriu não receber salário na pandemia, mas Botafogo recusou

Japonês argumentou que não estar jogando era um bom motivo para ele não receber do clube em março

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Honda em sua única partida com a camisa do Botafogo até o momento(Via Getty Images)

Honda em sua única partida com a camisa do Botafogo até o momento | Via Getty Images

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o japonês Honda, do Botafogo, teve uma atitude nobre ao sugerir aos diretores que ele não recebesse o salário de março. O motivo? A falta de treinamentos e jogos por causa da crise. O clube, no entanto, recusou a proposta do seu atleta.

Quem confirmou a situação foi Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê executivo de futebol do Alvinegro carioca, em entrevista ao 'Canal do Nicola'. O ex-presidente do Glorioso elogiou a postura do jogador asiático, rasgou elogios a ele, mas afirmou que nem quis dar conversa ao camisa 4 sobre o assunto.

"Ele é um exemplo, tem um comportamento extraordinário. Ficou aqui no Brasil, a família dele está no Japão, e ele tem falado mais com o Ricardo (vice-presidente gestão e marketing botafoguense). Ele comentou: 'estou pensando em não receber o mês de março, sei que o clube está em dificuldade, como não teve jogo…'. Ele que sugeriu. Nem demos conversa, já que estamos pagando normalmente”.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Marcinho sobre seleção
Comentários