Futebol Brasileiro

Jadson revela motivação para mostrar que Corinthians errou ao dispensá-lo: 'Estavam errados'

O meio-campista Jadson, que foi dispensado do Corinthians após a última temporada, disse que Tiago Nunes não o queria, mas que por 'trás tinham pessoas que também não queriam que eu ficasse lá no Corinthians'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Com a camisa do Corinthians, Jadson conquistou dois Brasileiros e três Paulistas(Getty Images)

Com a camisa do Corinthians, Jadson conquistou dois Brasileiros e três Paulistas | Getty Images

A passagem de Jadson no Corinthians foi encerrada de forma abrupta no início desta temporada. O meio-campista, que ganhou dois Brasileiros e três Paulistas pelo clube, viu Tiago Nunes preferir dispensá-lo - mesma situação que ocorreu com o volante Ralf. Ainda sem clube, o atleta de 36 revelou qual sua motivação para seguir jogando.

Minha motivação é mostrar que eles estavam errados e que eu ainda poderia atuar com a camisa do Corinthians. Quero receber o carinho da torcida e ver como eu e o Ralf éramos queridos. Eu vi que o ano não estava sendo bom e pensei: 'se eu não for bem, vão se aproveitar disso'. Foi o que aconteceu. Não fui tão bem e se aproveitaram. O treinador novo (Tiago Nunes) não me queria, mas tenho certeza de que por trás tinham pessoas que também não queriam que eu ficasse lá no Corinthians", afirmou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Com as negociações interrompidas por conta da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, Jadson revelou que gostaria de permanecer no futebol brasileiro, embora o Oriente Médio seja uma possibilidade.

"Falo com o Marcelo Robalinho (empresário de Jadson) diariamente. Estou no aguardo das negociações, porque tudo parou por causa da pandemia. Se for uma coisa boa, poderia ir para o Oriente Médio, mas ainda penso em seguir jogando aqui no Brasil. Minha família já está estabilizada, está todo mundo aqui", garantiu.

 
Sávio rasga elogios a Gabigol e reforça status de ídolo do camisa 9
Comentários