Futebol Brasileiro

Jesus exalta torcida e sonha com hegemonia do Flamengo no Brasil

Técnico pediu pés no chão após classificação à final da Libertadores e agradeceu a oportunidade de estar no clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jorge Jesus caiu nas graças da torcida do Flamengo desde a sua chegada ao Brasil(Miguel SCHINCARIOL / 2019 Getty Images)

Jorge Jesus caiu nas graças da torcida do Flamengo desde a sua chegada ao Brasil | Miguel SCHINCARIOL / 2019 Getty Images

Personagem principal da virada de chave do Flamengo na temporada, Jorge Jesus era só alegria após a goleada de 5 a 0 para cima do Grêmio, pela semifinal da Libertadores. Por isso, o técnico abriu sua entrevista fazendo questão de agradecer a oportunidade de estar comandando o Rubro-Negro carioca e também exaltando a torcida, que mais uma vez lotou o Maracanã. 

"Estou um pouco rouco! Quero agradecer aos jogadores por este feito, por este sonho que a torcida do Flamengo há muitos anos estava procurando. E eles nos mostraram o por quê... São únicos, diferentes, apaixonados.  Quero agradecer por estar no Flamengo. Vamos seguir com muita alegria. Ainda não conquistamos nada".

O português preferiu não entrar em polêmica quando questionado se seu time tem o melhor futebol do Brasil, em uma discussão que tomou conta dos bares e programas esportivos ao longo das últimas semanas. Jesus disse que não vai mudar sua opinião sobre a equipe gremista só pelo placar que aconteceu na noite desta quarta-feira (23).

"Não quero ser eu o dono da verdade. Cada pessoa e cada treinador tem sua opinião. Transmito minha opinião naquela altura pelo fato do Flamengo ser o líder do campeonato e não mais que isso. Não é o fato de ganharmos por 5 a 0 que vou mudar a opinião que o Grêmio é uma equipe de muita qualidade, capaz de disputar os primeiros lugares do Brasileirão. Temos que dar parabéns aos vencidos".

Por fim, ele analisou o que mudou no Flamengo desde a sua chegada no meio de 2019, rasgou elogios aos seus comandados e viu na classificação à decisão contra o River Plate um passo importante para o clube ter uma hegemonia no futebol brasileiro.

"Mudou a proposta que apresentamos e eles acreditaram na nossa ideia de jogo. Isso passa por muitas nuances. Uma coisa é ensinar e outra é saber ensinar. Fizemos uma proposta de uma dinâmica de jogo onde cada vez mais eles se conheceram. Foi uma demonstração contra o Grêmio de quatro gols de bola parada. A equipe é muito confiante. Em quatro meses, está jogando de olho fechado. É um time que tem prazer de jogar e não sente a pressão. Um grande clube tem que ter história e títulos. Se calhar, esse é o primeiro passo para o Flamengo ter a hegemonia no futebol brasileiro".

Comentários