Futebol Brasileiro

Jogadores se unem e contestam projeto de lei: 'Precisamos ser ouvidos'

Com representantes de 12 clubes brasileiros, vídeo realizado pela Federação Nacional de Atletas Profissionais (FENAPAF) constesta projeto de lei 2125/2020, que prevê diversas mudanças no mundo do futebol

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jogadores brasileiros se unem em campanha contra projeto de lei

A Federação Nacional de Atletas Profissionais (FENAPAF) divulgou nessa terça-feira (05) um vídeo de uma campanha de jogadores brasileiros contra mudanças propostas para o futebol. No vídeo, que conta com representantes de 12 clubes, pedem para serem ouvidos pela autoridades.

Ao todo, participaram do vídeo 16 jogadores. Foram eles Diego e Everton Ribeiro (Flamengo), Cássio (Corinthians), Alecsandro (CSA), Fernando Henrique (Santo André), Fernando Prass (Ceará), Leandro Castán (Vasco), Réver e Victor (Atlético-MG), Nenê e Hudson (Fluminense), Bruno Alves (São Paulo), Marinho (Santos), Léo e Fábio (Cruzeiro), além de Felipe Melo (Palmeiras).

O projeto de lei em questão é o de número 2125/2020, que permitiria a redução de 50% da multa compensatória por quebra de contrato (que pode contemplar tanto clube quanto atleta), congelaria a cobrança do programa Profut (de renegociação de dívidas de clubes), além de outras medidas.

Comentários