Futebol Brasileiro

Jorginho, massagista do Flamengo, morre aos 68 anos vítima do novo coronavírus

Jorge Luiz Domingos estava internado desde 21 de abril em um hospital na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jorginho fez parte da comissão técnica campeão da Libertadores de 2019 I Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Jorginho fez parte da comissão técnica campeão da Libertadores de 2019 I Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

A semana começou com uma péssima notícia para o Flamengo. O massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, faleceu nesta segunda-feira (4), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus. Ele estava internado em um hospital na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, desde o dia 21 de abril.

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, publicou em seu twitter uma foto do profissional e a mensagem: "Vai com Deus".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Uma das figuras mais conhecidas dos bastidores do Flamengo, Jorginho chegou ao clube em 1981 e era o funcionário mais antigo do departamento de futebol rubro-negro. O massagista esteve presente nas conquistas das duas Libertadores do clube, além de ter sido campeão mundial. Pela Seleção Brasileira, fez parte da comissão técnica campeã da Copa de 2002.

 
EXCLUSIVO: Rafael revela que Tévez "não fazia nada" nos treinos do United
Comentários