Futebol Brasileiro

Justiça determina o bloqueio de mais de R$ 16,2 milhões do Botafogo

Valor total inclui dívida antiga de R$ 3,5 milhões e atualização por correção monetária, juros, custas e honorários

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Relação comercial entre Botafogo e Telefônica começou em 1999 I Foto: Vítor Silva/Botafogo

Relação comercial entre Botafogo e Telefônica começou em 1999 I Foto: Vítor Silva/Botafogo

Como se não bastassem os problemas financeiros causados pela paralisação das atividades, os cofres do Botafogo podem sofrer um duro golpe. A empresa Telefônica, representada no Brasil pela Vivo, pediu a penhora R$ 16,2 milhões do Alvinegro na Justiça. A informação é do 'Esporte News Mundo'.

O clube e a empresa de telefonia começaram uma relação em 1999, quando chegaram a um acordo para a exibição de uma publicidade, através de painel luminoso, na lateral da piscina olímpica da sede do Botafogo. Em 2004, o Alvinegro estendeu esse contrato. Em 2006, por força judicial, a publicidade precisou ser retirada. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Porém, neste contrato havia uma cláusula que dizia que, caso o clube fique impossibilitado de veicular a publicidade, ele deveria realizar a devolução do valor pelo prazo remanescente não desfrutado. Com isso, o Botafogo precisava devolver R$ 3.593.424,60 para a empresa na época. Os R$ 16,2 milhões da penhora incluem este valor da devolução, mais a atualização por correção monetária, juros, custas e honorários. Cabe recurso.

 
Souza provoca o Corinthians: 'Tinha hora que perdia a graça, até pediam pra gente ir devagar'
Comentários