Futebol Brasileiro

Landim critica dirigente do Botafogo: 'Se ele discorda, estamos no caminho certo'

Presidente do Flamengo foi criticado por Carlos Montenegro por defender o retorno das atividades dos clubes

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rodolfo Landim defende que os clubes retornem aos treinos I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Rodolfo Landim defende que os clubes retornem aos treinos I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, voltou a defender o retorno imediato das atividades do futebol nacional. Em entrevista à "Fox Sports", o dirigente rubro-negro destacou que não vê problema no retorno dos treinos, desde que os clubes sigam o protocolo de segurança com todas as medidas.

"Se a minha atividade é segura e está sendo feita seguindo protocolos, a minha pergunta é: por que não? O que estaria de errado na volta do futebol? Simplesmente por que você está tendo uma curva ascendente? A curva é ascendente numa pandemia porque ela está ocorrendo em outras atividades que não estão seguindo esse protocolo que a gente está seguindo. Não vejo isso como um problema".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Na última semana, Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê gestor do futebol do Botafogo, criticou duramente o Flamengo e outros clubes que defendem a volta das atividades no meio da pandemia do novo coronavírus. Ao ser questionado, Landim não poupou críticas ao dirigente alvinegro.

"Quando a gente vê a história dessa pessoa (Montenegro) à frente do Botafogo e o longo período em que está à frente de várias administrações do Botafogo, e a gente vê o resultado esportivo e financeiro que o Botafogo vem tendo ao longo desse período, e o tamanho que o Botafogo está começando a ter no futebol brasileiro. Isso para mim é um indicador de que, se eles discordam do que a gente está fazendo, é uma indicação muito forte de que provavelmente a gente está no caminho certo".

 
'Sensação de ter sido prejudicado', diz Michel sobre queda na Liberta de 2016
Comentários