Futebol Brasileiro

Landim evita dar prazo para acordo do Flamengo com famílias de vítimas do incêndio do Ninho

Em entrevista à 'Fla TV', presidente do Flamengo afirmou que o clube está aberto a negociações

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, deu uma entrevista à "Fla TV" I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, deu uma entrevista à "Fla TV" I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Em entrevista divulgada pela "Fla TV", representantes do Flamengo deram esclarecimentos sobre os acordos com as famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, que completa um ano no dia 8 de fevereiro e resultou na morte de 10 adolescentes.

Ao lado de Rodolfo Landim, presidente do clube, e do CEO Reinaldo Belotti, Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico, comentou como anda o processo de acordo com as seis famílias que ainda não aceitaram.

"O Flamengo o tempo inteiro se colocou à disposição das famílias. No quesito acordo, o Flamengo, depois de muita conversa, chegou a um valor que entendemos ser muito alto e muito acima dos precedentes da Justiça brasileira".

Ao ser perguntado sobre um prazo para finalizar os acordos com as famílias que faltam, o presidente do Flamengo afirmou que o clube está aberto a negociações, mas não estipulou um prazo.

"Impossível dizer (dar prazo para acordo). A gente pode dizer que está aberto para que esses acordos venham a ocorrer. A gente tem demonstrado isso ao longo do tempo, na medida em que, toda vez que a gente consegue equacionar dentro daqueles valores que eu falei, a gente tem tido acordos. Então é muito difícil, porque isso depende não só do Flamengo. Depende das famílias e do tempo delas. Muito difícil estabelecer um prazo. A gente vai estar sempre aberto para fazer esse tipo de acordo".

Confira a entrevista da "Fla TV" na íntegra:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Tragédia no Ninho do Urubu #CRF

Uma publicação compartilhada por Flamengo (@flamengo) em

 
A tragédia
 
Na madrugada do dia 8 de fevereiro de 2019, um incêndio de grandes proporções atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo. O Corpo de Bombeiros informou que 10 jogadores da base do clube morreram e outros três ficaram feridos.
 
Comentários