Futebol Brasileiro

Leandro revela vontade de voltar ao Grêmio e relembra sensação de substituir Ronaldinho

Atacante relembrou período em que defendeu Grêmio e Palmeiras

Avatar del

Por Priscila Senhorães

Leandro chegou ao Tokyo nesta temporada(Reprodução FC Tokyo)

Leandro chegou ao Tokyo nesta temporada | Reprodução FC Tokyo

No Japão há quatro anos, Leandro mantém fortes laços com duas equipes onde marcou época no Brasil. O Grêmio, que o revelou, e Palmeiras, clube onde marcou diversos gols e entrou para rankings anuais.

Em entrevista exclusiva ao Esporte Interativo, Leandro não negou que tenha vontade de voltar a vestir a camisa do clube gaúcho.

Eu tenho vontade de voltar a jogar no Grêmio um dia. Foi o clube que me revelou, me deu oportunidade de me tornar profissional. Continua sendo um dos maiores do país. Então quem não queria jogar no Grêmio, né?"

Mas a ligação com o Palmeiras também é forte. O jogador defendeu a camisa do Verdão durante duas temporadas, entre 2013 e 2014, e relembra o período. Na ocasião, o clube paulista disputava a Série B.

"Cheguei no Palmeiras realizando o sonho de jogar no time do meu coração, pra mim era tudo incrível e mágico. Ainda mais que eu pude ser coroado sendo campeão da série B, sendo o artilheiro do clube".

Talvez alguns não lembrem, mas Leandro já substituiu Ronaldinho Gaúcho na Seleção Brasileira. Na ocasião, em 2013, o jogador entrou no lugar do craque brasileiro no segundo tempo e marcou seu primeiro gol com a Amarelinha.

"O Ronaldinho sempre foi minha inspiração no futebol, desde criança. Só de poder estar na Seleção com ele, poder concentrar com ele, foi demais. Era como se fosse uma criança vendo um ídolo do futebol. Eu preferiria ter jogado com ele, do que substituído, mas mesmo assim foi uma sensação incrível", finalizou.

Atualmente no Tokyo, do Japão, Leandro soma quatro jogos e dois gols marcados. Antes disso, nos últimos três anos, o atacante esteve no Kashima Antlers, somando 65 partidas disputadas  (entre elas a semifinal do Mundial de Clubes de 2018 contra o Real Madrid) e deixando sua marca em 17 oportunidades.

 
EXCLUSIVO: Bruno Guimarães aponta que Flamengo, Palmeiras e São Paulo teriam condições de brigar com times europeus
Comentários