Futebol Brasileiro

Leo revela bastidores do Cruzeiro e bronca em Thiago Neves no ano da queda

Zagueiro admite indignação com polêmicas e afirma que não faltaram cobranças 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Leo revela bastidores do Cruzeiro no ano do rebaixamento(Getty Images)

Leo revela bastidores do Cruzeiro no ano do rebaixamento | Getty Images

O Cruzeiro disputará a Série B pela primeira vez em sua história, e o zagueiro Leo falou em entrevista para o canal 'Deus me Dibre', no YouTube, sobre o ano do clube em 2019 e admitiu que ficou indignado com alguma situações durante a má campanha do time no Brasileirão, como indisciplina e polêmicas extra-campo.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O defensor ainda afirmou que, por questão de hierarquia, a responsabilidade de mudanças mais fortes deveria partir da diretoria. Ao ser perguntado sobre Thiago Neves, duramente criticado por torcedores celestes e apontado como vilão no rebaixamento, Leo foi sincero.

“Não faltou cobrança, não faltou exigência, houve dias em que exigimos muito. E quase jogamos ele (Thiago Neves) dentro do armário, passamos a ele várias questões. Só que tem uma questão que somos funcionários do clube, há coisas que vêm de cima, da diretoria, e somos pressionados como um todo.”

Leo ainda afirmou que grande parte dos problemas aconteceram por conta da diretoria cruzeirense.

“Eu não posso multar ninguém, não posso contratar ou mandar embora. Não sou dirigente, sou funcionário. (...) Nos revoltamos, não ficamos de acordo com muita coisa, observamos, mas todos temos um limite. Não somos donos do clube, somos funcionários e todos têm mesmo limite e as mesmas obrigações. E sabemos que há a hierarquia, somos meros funcionários e procuramos fazer o máximo para que o trabalho seja bom."

 
Júlio Baptista revela vontade de treinar São Paulo e Cruzeiro no futuro
Comentários