Futebol Brasileiro

Luxemburgo alega perseguição ao seu trabalho e desabafa após vitória: 'Nunca vi exagero tão grande'

Técnico pediu aos críticos uma reflexão sobre o trabalho realizado até aqui no comando técnico do Palmeiras

Por Rodrigo Fragoso

Vanderlei Luxemburgo acumula 12 jogos de invencibilidade no Palmeiras(Ag. Palmeiras/Cesar Greco)

Vanderlei Luxemburgo acumula 12 jogos de invencibilidade no Palmeiras | Ag. Palmeiras/Cesar Greco

O Palmeiras venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1, em Bragança Paulista, e se manteve como a única equipe invicta dentro do Campeonato Brasileiro. Logo depois do triunfo no interior de São Paulo, Vanderlei Luxemburgo desabafou sobre as críticas que o time tem recebido pelo desempenho em campo e alegou estar sendo perseguido por algumas pessoas.


"Não tenho problema quanto a crítica. Há muito tempo que eu estou nesse negócio e houve um exagero muito grande. Críticas exageradas para uma equipe que só perdeu dois jogos na temporada, é campeã paulista e teve a defesa menos vazada. São coisas positivas que ninguém quer enxergar. Existe um exagero muito grande nas críticas. A gente não estar jogando bem procede, mas muitas das críticas são de perseguição", afirmou o técnico do Palmeiras.


Aos 68 anos, o técnico Vanderlei Luxemburgo já passou por 22 clubes diferentes em sua carreira e conquistou 28 títulos. Embora habituado com as críticas, ele disse jamais ter visto tamanho exagero em relação ao que o seu time apresentou até agora.


"Muita gente precisa fazer uma reflexão de que existe um exagero muito grande em que, em tão poucas rodadas, tudo não presta. O Palmeiras vem de conquista, mesmo não jogando bem, mas é melhor ganhar não jogando bem do que perder sem jogar bem. Nós perdemos contra o Corinthians jogando bem. Esse exagero me incomodou, porque foi diferente de tudo aquilo com tantos anos de janela eu nunca vi exagero tão grande como esse que existiu nesse momento do Palmeiras", lamentou o treinador.


O Palmeiras tem como próximo desafio o clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena, às 19h15 (de Brasília) da próxima quinta-feira. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo acumula 13 pontos em sete partidas, com três vitórias e quatro empates até aqui.
 

Comentários