Futebol Brasileiro

Luxemburgo aprova empate no Paraguai e dispara contra críticas: 'Não sei onde faltou alguma coisa'

Técnico do Palmeiras enxerga exagero na cobrança em cima do futebol do time e celebra ponto conquistado contra o Guaraní

Por Rodrigo Fragoso

Vanderlei Luxemburgo alcançou o 17º jogo de invencibilidade no comando do Palmeiras(Ag. Palmeiras/Cesar Greco)

Vanderlei Luxemburgo alcançou o 17º jogo de invencibilidade no comando do Palmeiras | Ag. Palmeiras/Cesar Greco

Depois do empate por 0 a 0 contra o Guaraní, do Paraguai, no Estádio Defensores Del Chaco, o técnico Vanderlei Luxemburgo se incomodou com as perguntas realizadas na entrevista coletiva. Os questionamentos buscavam entender por qual motivo o Palmeiras não atacou tanto quando poderia. Luxemburgo enxergou uma cobrança exagerada nas perguntas.


"Parece que nós perdemos o jogo. As perguntas parecem que perdemos o jogo. Todos os meus jogadores estão satisfeitos que estamos próximos de uma classificação. Se eles acham que está faltando alguma coisa, está sobrando em algum lugar. Tem equipes que não estão nem próximas da classificação. É um pouco de exagero na cobrança, onde um empate aqui no Paraguai, contra uma equipe forte contra o Guaraní, é um grande resultado. Quem não quer reconhecer isso, não quer reconhecer a produtividade do Palmeiras numa Copa Libertadores", analisou o treinador do Palmeiras.


Caso o Palmeiras deixasse o Paraguai com uma vitória, a classificação matemática já estaria garantida na bagagem para o Brasil. O empate ainda não levou o time para a próxima fase, mas o deixou mais próximo da vaga. De acordo com Luxemburgo, o resultado também fazia parte dos planos para o confronto, ainda que o desempenho pudesse não ser aquele que muitos desejavam.


"A minha preocupação hoje era sair com o resultado positivo: empate ou vitória. Na Libertadores, nem sempre você joga no nível ideal. Muitas vezes joga pelo resultado. O resultado foi muito importante, o empate nos colocou próximo de uma classificação pra fase seguinte. Sabíamos que íamos encontrar um adversário complicado, que joga um futebol muito intenso. Foi um empate bom pra nós e bom pra eles. Eles vão avançando e nós também para classificar para a próxima fase. A Copa Libertadores, se você se abre muito, sai de campo com uma derrota", explicou Luxa.


Com o resultado, o Palmeiras alcança o 17º jogo seguido sem derrota, acumulando oito empates e nove vitórias. O próximo compromisso do Palmeiras pela Copa Libertadores da América acontece em São Paulo, contra o Bolívar, da Bolívia, na próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília). No final de semana, o compromisso do clube é com o Brasileirão, já que tem confronto agendado contra o Flamengo, também em São Paulo.
 

Comentários