Futebol Brasileiro

Luxemburgo elogia contratação de Matías Viña: 'Jogador de atitude'

Lateral esquerdo uruguaio chega do Nacional como primeiro reforço do time principal do Palmeiras

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Matías Viña (à direita) em ação pela seleção uruguaia contra a peruana(Getty Images)

Matías Viña (à direita) em ação pela seleção uruguaia contra a peruana | Getty Images

Anunciado na última sexta-feira (31), Matías Viña chegará com moral ao Palmeiras.

Em entrevista coletiva realizada no domingo (02), após a derrota por 2 a 1 para o Red Bull Bragantino, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o técnico Vanderlei Luxemburgo comentou pela primeira vez sobre o reforço e não poupou elogios ao lateral esquerdo uruguaio.

"Ele tem um histórico bom, foi eleito melhor jogador (do Campeonato Uruguaio) no ano passado, é um jogador que tanto marca quanto joga para a frente, joga de zagueiro também, jogador de atitude. Foi uma boa contratação, uma contratação pontual, estamos fazendo dessa forma", comentou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Foi uma análise que fizemos do mercado. Analisamos os laterais no Brasil e os de fora. Buscando para lá e para cá, chegamos no nome do Matías. Contratação faz parte de um time de futebol. Esses jogadores que estão aqui têm que continuar trabalhando forte, e os que chegarem vão se juntar a eles para poder fazer o elenco forte. É isso que eu quero", completou Luxemburgo, lembrando das outras opções que possui no plantel para a lateral esquerda: Victor Luis, Diogo Barbosa e Lucas Esteves, recém-alçado aos profissionais.

Segundo apuração da reportagem do Esporte Interativo, Viña, que jogava no Nacional, do Uruguai, teve 60% de seu passe comprado pelo Palmeiras, que desembolsou 5,5 milhões de euros (cerca de 25 milhões de reais). O restante do passe ficará dividido entre o ex-clube (30%) e o próprio jogador (10%).

Crystal Palace e Milan também queriam contratar o jogador, mas sua vontade foi fundamental para o acerto com o Verdão. O atleta queria um projeto de longo prazo em um clube que realmente acreditasse no seu futebol e viu somente no Palmeiras essa possibilidade.

 
Comentários