Futebol Brasileiro

Mário Bittencourt afasta Celso Barros do futebol do Fluminense até o fim do ano

Presidente vai acumular a função de vice de futebol nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Mário Bittencourt afasta Celso Barros do futebol do Fluminense até o fim do ano

Mário Bittencourt afasta Celso Barros do futebol do Fluminense até o fim do ano

O Fluminense vem vivendo dias conturbados nos bastidores ao longo de 2019. E, nesta quinta-feira (21), mais um capítulo desta turbulência foi escrito. O presidente do clube, Mário Bittencourt, anunciou o afastamento de Celso Barros do futebol. O vice do Tricolor também acumulava a função de vice de futebol nas Laranjeiras. 

"O que eu informei é que até o final do campeonato esse afastamento seguirá. No final do ano a gente conversa. Ele é vice-presidente eleito, isso é indiscutível. Dei as atribuições de vice de futebol, mas a partir de hoje estou assumindo. Serei também vice de futebol nessas últimas cinco rodadas. No final do ano, teremos uma conversa para saber como vai ser".

Bittencourt explicou que discordou das recentes atitude de Celso, como por exemplo a de expor discussões internas nas redes sociais, afirmando que se sentiu exposto com a situação. Ele contou que os casos envolvendo o ex-treinador Fernando Diniz e também o atual, Marcão, pesaram na decisão do afastamento.

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

"Quando a gente optou pela saída do Fernando Diniz, o vice-geral me comunicou que queria tirar o treinador. Eu não concordava. Não era a minha intenção e nem a do diretor, mas era a do vice-presidente. Acabei, diante de uma grande conversa, me convencendo de que teria que fazer a mudança. Quando houve uma nova conversa e o vice-presidente se posicionou de tirar o treinador atual, disse que era contrário e não acataria essa decisão. O Celso buscou o caminho das redes sociais, expondo um debate interno, dando entrevistas... Não concordo com esse tipo de atitude. Diante disso, optei por afastar. A partir do momento em que o vice vai a redes sociais e à imprensa para passar a ideia de uma decisão autoritária, me senti exposto. Depois, outras postagens aconteceram, incluindo um grupo que o apoia. Postagens me atacando pessoalmente, com várias inverdades sobre a gestão".

Comentários