Futebol Brasileiro

'Me mandou calar a boca, eu mandei também': Tite revela discussão com Messi

Treinador da seleção brasileira falou sobre momento em que bateu boca com o craque argentino durante amistoso em que os hermanos venceram por 1 a 0, na Arábia Saudita

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Tite teve discussão acalorada com Lionel Messi durante Brasil x Argentina(Lucas Figueiredo / CBF)

Tite teve discussão acalorada com Lionel Messi durante Brasil x Argentina | Lucas Figueiredo / CBF

Dentro de campo, o duelo entre Brasil e Argentina, aparentemente foi tranquilo. Aparentemente porque o técnico da seleção brasileira, Tite, revelou que teve uma discussão com, nada mais nada menos, que Lionel Messi durante o confronto.

Tite contou que, ao reclamar de uma falta em que considerou que o craque merecia receber cartão amarelo, o melhor jogador do mundo pediu que o comandante canarinho calasse a boca. O técnico, prontamente, respondeu.

"Eu só reclamei porque era para ele tomar cartão e ele me mandou calar a boca, depois eu mandei ele calar a boca. E acabou. Não quero responder isso para não colocar situações. Se não colocar árbitro grande, ele te engole... Mas é situação do jogo, ele é extraordinário. A Argentina marcava baixo e daqui a pouco procurava o Messi. Mas aquele lance era para cartão e eu tinha razão de reclamar".

O treinador também discordou da marcação do pênalti em cima do argentino. Na cobrança, o camisa 10 parou em Alisson, mas acabou balançando a rede no rebote. Para Tite, se fosse um árbitro inglês apitando a partida, a penalidade não seria assinalada.

"Não vi de uma forma nítida, sei que houve comentários de que não foi pênalti. Para mim não foi pênalti. Mas méritos para a Argentina, que venceu o superclássico. Mas, se é um árbitro inglês, ele fala 'segue'".

Comentários