Futebol Brasileiro

Montenegro rebate declaração de Rodolfo Landim: 'Não tivemos garotos incendiados'

Discussão envolve as divergências sobre a volta dos treinos e do Campeonato Carioca em meio à pandemia do novo coronavírus 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Troca de farpas entre as diretorias já dura algumas semanas(Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Troca de farpas entre as diretorias já dura algumas semanas | Foto: Vitor Silva/Botafogo

Mesmo após a prefeitura do Rio ter liberado os times cariocas a retornarem suas atividades nos Centros de Treinamento, ainda existe uma grande discussão e polêmica envolvendo o assunto. Desta vez, Carlos Augusto Montengro, membro da diretoria do Botafogo, respondeu uma declaração do Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim.

Em entrevista à 'Fox Sports' na última segunda-feira (26), o mandatário rubro-negro declarou que "se eles (Botafogo) discordam do que a gente está fazendo, é uma indicação muito forte de que provavelmente a gente está no caminho certo". 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Do outro lado, Montenegro se mostrou bem incomodado com a declaração e até citou o incêndio do Ninho do Urubu, que fez 10 vítimas fatais no último ano, em forma de crítica à posição do Flamengo sobre a volta das atividades. 

"Em relação à postura fora de campo, temos realmente caminhos muito diferentes. O Flamengo conviveu com uma matança de crianças queimadas, estavam em um quarto de lata, mostrando que não sabia o que era protocolo, preservação de vida. Nesse ano, continuam querendo arriscar vida de jovens e familiares com uma corrida idiota atrás da volta do futebol, de uma forma obstinada, irresponsável. O Botafogo realmente tem um caminho totalmente oposto. Em 2019, não tivemos garotos incendiados. Tentamos preservar a vida dos jogadores, da comissão técnica, familiares, funcionários. Na nossa opinião, eles têm prioridade sobre a volta do futebol. Faremos questão de continuar, fora do campo, com posturas totalmente diferentes em relação ao Flamengo", disparou Montenegro em entrevista ao 'Jornal Extra'. 

Na discussão sobre a volta do futebol no Rio de Janeiro, o Flamengo defende que o retorno do Campeonato Carioca, se possível, ocorra no dia 14 de junho. No Ninho do Urubu, os jogadores já estão treinando e fazendo trabalhos de recondicionamento físico há uma semana. Já o Botafogo, entende que ainda não é o momento de retomar as atividades ainda. Através de uma nota oficial, o Alvinegro sugeriu que os treinos fossem retomados no dia 1º de junho, e que as partidas oficiais do Estadual fossem disputadas em 28 de junho ou 4 de julho.

 
Mancini revela que ficou sete meses sem pagamento no Botafogo
Comentários