Futebol Brasileiro

Nene defende posicionamento do Fluminense: 'Primeiramente é a vida, depois nossa profissão'

Meia concordou com o Tricolor, que é contra o retorno imediato das atividades esportivas no estado

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Nene, meia do Fluminense, concorda com a decisão do clube I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Nene, meia do Fluminense, concorda com a decisão do clube I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Alguns clubes e jogadores já estão se preparando para o retorno das atividades, enquanto outros ainda se sentem contrariados com a decisão. O meia Nene, do Fluminense, afirmou em entrevista ao "SporTV" que está ansioso para voltar a jogar, mas que é preciso priorizar a saúde antes de tudo.

Primeiramente é a vida, o ser humano, a nossa saúde e, depois, a nossa profissão. É claro que todos nós estamos ansiosos para voltar a jogar logo, mas a gente tem que seguir as ordens dos respectivos ofícios: da saúde, governo, prefeitura".

"É uma situação complicada, muito difícil a gente tomar qualquer atitude precipitada. Eu acho que o Fluminense, vendo a situação como está, de próprios companheiros nossos de clubes do Rio de Janeiro que pegaram Covid, acho que tem que tomar cuidado".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Fluminense e Botafogo foram os dois clubes do Campeonato Carioca que não assinaram o documento da FERJ e foram contra o retorno imediato das atividades esportivas no estado. Segundo o Tricolor, "não é o momento do futebol brasileiro dar qualquer sinalização de retorno do esporte quando o país inteiro, particularmente o Rio de Janeiro, está com extrema dificuldade de fazer a população cumprir o isolamento social".

 

 
QUE RESENHA! Nene explica apelido de Filó para Alê Oliveira
Comentários