Futebol Brasileiro

Neto e viúvas de acidente da Chape protestam contra seguradora em Londres

Famílias de jogadores falecidos no acidente aéreo que vitimou 71 pessoas ainda não receberam indenização após quase três anos

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

1/4
Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape(Marcel Camilo/Divulgação)

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape | Marcel Camilo/Divulgação

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape(Divulgação)

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape | Divulgação

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape(Divulgação)

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape | Divulgação

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape(Divulgação)

Neto protesta em Londres ao lado de viúvas de jogadores da Chape | Divulgação

O zagueiro Neto, da Chapecoense, se reuniu nesta segunda-feira (30) com as viúvas de Gil, Filipe Machado, Thiego e Bruno Rangel, jogadores falecidos no acidente aéreo na Colômbia, em 2016, para um protesto em Londres, em frente às sedes da corretora de seguros Aon e da companhia de seguros Tokio Marine Kiln.

O grupo, que reunia também o presidente da Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense (Abravic) e três advogados, protestou com faixas em alusão ao acidente. Quase três anos depois da tragédia, nenhuma família recebeu qualquer indenização pelo ocorrido.

Os organizadores do protesto na Inglaterra calculam que o valor devido pelas empresas pode chegar a US$ 5 milhões. (cerca de R$ 21 milhões) por famíla.

Comentários