Futebol Brasileiro

No dia primeiro de abril, veja 11 contratações bombásticas que viraram mentira

Se o dia primeiro de abril é o famigerado Dia da Mentira, o Esporte Interativo lista 11 jogadores que estavam para chegar ao futebol brasileiro, mas as negociações caíram por terra

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

"Valeu, Drogba" são duas palavras que fazem rivais do Corinthians se unirem até hoje. Após uma longa negociação entre o clube do Parque São Jorge e o astro marfinense, as partes não chegaram a um acordo, e a supercontratação caiu por terra. Em uma das lojas do time, a camisa com a número 15 e o nome de Drogba já até era vendida. Ficou para a história. Foto: Getty Images
Quando jogava, Juan Román Riquelme era costumeiramente ligado a times do Brasil, mas sua vinda a terras tupiniquins, infelizmente, nunca se deu. No Palmeiras, por exemplo, o nome do argentino chegou a ser ventilado, mas o clube desistiu por conta da crise financeira que vivia em 2013. Foto: Getty Images.
Talvez a negociação mais atual da lista, Yaya Touré quase veio para o Botafogo. Muitos também davam a negociação como fechada, mas a situação do novo coronavírus na Europa foi um dos impeditivos para sua chegada ao Rio de Janeiro. Foto: Getty Images.
Éverton Ribeiro, Arrascaeta, Gabigol, Bruno Henrique e... Balotelli. Esse era o sonho de consumo da torcida e diretoria do Flamengo. O craque italiano esteve perto da Gávea, mas fez uma pedida que seria alta até para as contas rubro-negras. Até hoje, muitos rivais ainda zoam os flamenguistas pela recusa do atacante, que preferiu ir pra o Brescia, seu clube do coração. Foto: Getty Images.
Em 2008, o sonho do Fluminense da Unimed era contratar Falcao Garcia. O clube carioca até chegou a fazer proposta pelo astro, mas prontamente rejeitada pelo empresário do jogador, que até foi contundente: "Para mim, a transferência para o Fluminense seria um retrocesso esportivo. O clube não tem condições de fazer uma contratação desse porte.” Foto: Getty Images
Ronaldinho foi mais um que esteve em pauta em diversos clubes do futebol brasileiro. Dentre eles, o Grêmio talvez tenha ficado com o gostinho mais amargo da não-vinda do craque. Caixas de som já eram até instaladas no Estádio Olímpico para receber o ex-meia. Vasco e Coritiba também chegaram a sonhar com a contratação, que não passou disso. Foto: Getty Images
Nicolas Anelka tinha tudo para ser jogador do Atlético-MG e até chegou a ser anunciado pelo então presidente Alexandre Kalil. Mais tarde, porém, o francês afirmou que apenas 95% do negócio estava certo e chamou o mandatário de "amador". Foto : Getty Images
O argentino Romagnoli até havia assinado pré-contrato com o Bahia, vestido a camisa do clube e sido recebido pelos torcedores tricolores no aeroporto em Salvador. Contudo, sua vontade de encerrar a carreira no San Lorenzo, seu time do coração, falou mais alto e ele cancelou tudo. Foto: Getty Images
Icônico meio-campista da Juventus, principalmente pelo seu estilo arrojado, Edgar Davids tinha o sonho de encerrar a carreira no Brasil e chegou a ser oferecido a diversos clubes daqui. Flamengo, Coritiba, Náutico e Sport foram alguns dos clubes que ouviram as pedidas do holandês, sem acerto. Foto: Getty Images
Florent Malouda foi campeão da Uefa Champions League pelo Chelsea e era mais um com o sonho de atuar no futebol brasileiro. O francês até chegou a ir para Santos, onde foi visto comprando imóvel e conversando com dirigentes do clube paulista, mas não passou disso. Foto: Getty Images.
Grande lenda do futebol português, Luis Figo teve seu nome ventilado no São Paulo, e o então técnico Émerson Leão chegou a sonhar com sua contratação. Seu alto salário à época, porém, inviabilizou qualquer chance de negócio. Foto: Getty Images 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Taison vê retorno ao Inter mais próximo e pede para D'Alessandro o esperar
Comentários